Lançamento de Coleções de Produtos de Moda de estudantes da Unama será realizada no Espaço São José Liberto


No próximo sábado, 16, o Anfiteatro Coliseu das Artes recebe o evento “Mostra Moda”, realizado pelo curso de Bacharelado em Moda da Universidade da Amazônia (Unama), em parceria com o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA), organização social que gerencia o Espaço São José Liberto, e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME).

O “Mostra Moda” apresentará desfiles das coleções finais criadas pelos alunos do curso de Moda nos anos de 2017 e 2018. Já está confirmada a participação de 25 recém-formados que totalizam 70 looks para o desfile. Serão apresentadas de 1 a 5 composições por aluno, dentre elas, as coleções de Renata Gonçalves, Lilia Lima, Bruna Altmann e Tiago Prado, que já participaram do desenvolvimento de coleções dentro do Arranjo Produtivo Local de Moda, Design e Indústria do Vestuário e possuem peças comercializadas no Espaço Moda.

Também participam os alunos Suellen Mohana, Andressa Sarmanho, Rafaela Silva, Regina Lima, Jessica Costa, Ana Cristina Lima, Jamille Paysano, Daliria Lima, Luana Malcher, Leticia De Cassia Souza, Natalia Lima, Damares Queiroz, Neandra Gomes, Lanna Celli Penaforte, Valéria Farias, Evelyn Nascimento, Ada Suzane, Marina Gusmão, Paula Lobato, Murilo Maia e Julia Reis.

O evento apoiado pelo IGAMA e o Governo do Estado do Pará, por meio da SEDEME, integra as ações do Arranjo Produtivo de Local de Moda, Design e Indústria do Vestuário e Projeto Lua Nova que tem como objetivo potencializar a formação de designers na categoria de estudantes como novos empreendedores de moda e joias, promover o empreendedorismo criativo na área do design de moda e divulgar resultados dos processos de criação e produção envolvidos dos cursos de educação superiores de moda, além de contribuir para o estabelecimento de novas conexões com o mercado para a promoção da economia local.

O Mostra Moda é um evento realizado pelo curso de Bacharelado em Moda da Unama em parceria com o IGAMA, organização social mantida pelo Governo do Pará por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME).


Serviço
Mostra Moda UNAMA
16 de Fevereiro de 2019 - 18h
Espaço São José Liberto (Praça Amazonas, s/n)
Entrada franca 




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Grupo Quorum realiza ensaios abertos, aos sábados, na Capela São José

Grupo Quorum realiza ensaios abertos ao público na Capela São José, aos sábados, das 10h às 12h

Desde o último sábado, 26/01, a Capela São José recebe o ensaio aberto do Quorum, grupo musical paraense. O grupo, criado há 16 anos, tem no repertório estilos populares e eruditos que são apresentados em eventos sociais, missas e, principalmente, casamentos. Agora, os visitantes do Espaço São José Liberto e os contrantes do grupo Quorum poderão apreciar a preparação para as futuras apresentações no horário de 10h às 12h.

O Grupo Quorum é uma Orquestra de Câmara de Belém. Dentre inúmeros concertos, apresentações e atividades musicais, destacou-se no cenário artístico do Estado do Pará como a mais conhecida e importante orquestra de câmara independente, preparada para eventos sociais. 

Integram esse trabalho os cantores do Coro de Eduardo Nascimento. Grupo vocal que somado aos instrumentistas do Quorum realiza um trabalho único em todo o território nacional. Até então não havia registro musical, nesse formato, em um museu no Brasil. 

O repertório é eclético: desde música barroca, clássica e valsas até pop, rock e, claro, música brasileira. Tanto a orquestra quanto o coro possuem uma sonoridade única, bem ensaiada e estão juntos desde 2007 quando perceberam que o diferencial é a união do potencial individual, somado a responsabilidade e comprometimento ao ofício musical e a uma boa dose de talento.

A realização dos ensaios abertos é uma parceria entre o Grupo Quorum e o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia, organização social que gerencia o Espaço São José Liberto e é mantida pelo Governo do Pará por meio da da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME).

Serviço
Ensaio aberto do Grupo Quorum
Sábado, de 10h às 12h – Capela São José no Espaço São José Liberto
Entrada franca




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

SEDEME realiza visita técnica no Espaço São José Liberto

Secretario Adjunto da SEDEME, Carlos Ledo (centro) com a equipe do ESJL: Rosa Helena Neves, diretora executiva do ESJL, Darlene Brito, gerente Comercial; Carmen Macêdo, gerente de eventos; Claudia Figueiredo, coordenadora Administrativa e Thiago Gama, coordenador Comercial e Tecnológico.

                                      
Integrada com o objetivo de identificar in loco a dinâmica de funcionamento do Programa Polo Joalheiro, do Arranjo Produtivo Local de Moda, Design e Indústria do Vestuário e do Espaço São José Liberto e as suas diretrizes, ações e muitas estabelecidas no Plano Anual de Trabalho – PAT 2019-2020 firmado por meio do Contrato de Gestão n° 001/2017 e Termo Aditivo com o Governo do Pará por meio da Secretaria de Desenvolvimento foi realizada uma visita técnica ao ESJL no último sábado, 26, pelo representante da SEDEME, o Secretario de Estado Adjunto Dr. Carlos Paiva Ledo.

A visita técnica foi coordenada pela professora Rosa Helena Neves, Presidente e Diretora Executiva do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia – IGAMA, organização social (OS) gestora do ESJL e das ações de desenvolvimento local dos setores criativos de gemas e joias, moda e artesanato.

A atividade desenvolvida utilizou como metodologia a vivência do roteiro dialógico: contexto, conteúdo e resultados, associado a demonstrações dos processos e produtos gerados pela experiência de desenvolvimento econômico local tendo como referência o ESJL, um lugar de economia criativa que potencializa as melhores marcas paraenses de moda autoral, joias e gemas artesanais e artesanato paraense.

Durante o encontro, também foi apresentado ao Secretário Carlos Ledo a dinâmica de funcionamento do IGAMA e suas conexões com os setores produtivos de joias, acessórios de moda e vestuário, por meio da coordenação, fomentação e implementação dos projetos Programa Polo Joalheiro do Pará, Arranjo Produtivo Local de Moda, Design e Indústria do Vestuário, Arranjo Produtivo Local de Gemas e Joias da Região do Baixo Tocantins e o Projeto Lua Nova. Todas as ações têm como referência a ênfase a gestão do ciclo de design e o apoio à criação e produção e comercializado dos produtos produzidos pelas marcas atendidas e beneficiadas pela integração das políticas públicas implementadas pelo Governo do Estado do Pará.

Desde 2007, o IGAMA gerencia o Espaço São José Liberto – ESJL promovendo a economia criativa com convergência de ações formação de uma rede de parceiros fortalecendo os setores do turismo, design, patrimônio histórico e cultural, geração de trabalho e renda, educação patrimonial, gemas e joias, artesanato e moda autoral. Nesse sentido, desenvolve de forma integrada os elos da cadeia produtiva integrando os setores criativos atendidos pelo ESJL, mantido pelo Governo do Pará por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME) e recursos financeiros próprios do IGAMA.

Ao final da visita, foram apresentadas pelo representante da SEDEME as novas diretrizes do Governo do Estado para o período de 2019-2022, bem como os compromissos do governador Helder Barbalho e sua equipe com o desenvolvimento econômico local e o empreendedorismo criativo e inovador liderado pelas marcas paraenses.




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Antiga Estação de Trem de Icoaraci é reinaugurada com assinatura de protocolo de intenções

Visitante conhece artesanato em cerâmica


Foi entregue ontem 26, o prédio restaurado da antiga Estação de Trem de Icoaraci, pelo governador Simão Jatene. Na ocasião, também foi assinado um protocolo de intenções entre o Governo do Estado do Pará, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME), o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA) e a Federação das Associações e Cooperativas de Artesãos do Pará (FACAPA).

“A gente fica muito feliz em ter esse espaço revitalizado porque ele passa a ser um espaço em que toda a produção cultural ganha um item a mais de valorização, até específico porque isso pode ser transformado em um produto turístico, que é uma necessidade nossa”, afirma Levy Cardoso da Federação das Associações e Cooperativas de Artesãos do Pará. Levy Cardoso é filho de Raimundo Cardoso, o Mestre Cardoso: “é um avanço porque você tem um ajuntamento de produtos que são resultados de história, cultura e que vieram construindo isso ao decorrer do tempo. A gente fica muito feliz não só para preservar, mas para que haja um desenvolvimento disso para gerações futuras”, conclui Levy.

Darlindo Oliveira, também da Federação das Associações e Cooperativas de Artesãos do Pará, comenta sobre as expectativas futuras para o funcionamento do prédio: “Nós temos um projeto para colocar o funcionamento, que é todas as culturas do Estado: a gente vai trazer, além do artesanato, ter apresentação cultural, isso aqui vai ser um espaço para o povo de Icoaraci, principalmente, e vamos colocar na rota do turismo do estado”.

A programação de inauguração contou com uma exposição de cerâmica com obras de artesãos de Icoaraci composta por mais de 30 peças de 15 artesãos. A mostra demostrou ao público a diversidade dos processos de produção, bem como a identidade criativa dos autores ceramistas do polo produtivo local. Além de peças de mestres artesãos vivos, foram destacados obras de artesãos que já faleceram, cujo trabalho foi mantido pelas famílias dos artesãos locais.

Exposição de cerâmica fez parte da inauguração da nova Estação de Trem
Participaram da mostra Dodanias Leite, Maria Das Graças Cardoso, Raimundo Ademar Zaranza, Marivaldo Sena da Costa, Francisco Flavio Da Silva, Sineia Pereira, Ernesto Guevara, Lucimar Rodrigues da Conceição, Rodrigo Sousa Miranda, José Carlos Rodrigues, Ivan Santos Freitas, Antonio Otavio Silva De Souza, João do Socorro Sarmento, Ivaneide Santos Freitas, Robson Charles, Manoel Dias Cardoso Neto.

O acervo da exposição contou as peças urna jacaré, vaso envelhecido, urna antropomorfa fase marajoara, urna cunani, prato antro morfo marajoara, estatueta tapajônica, urna quadrangular cunani, vaso gargalo, ídolo marajoara, urna maraca, tigela marajoara mão livre, tigela marajoara mão livre, joguinho com três peças, onça com filhote, tanga, busto indígena, vaso pintado mão livre, vaso pote, vaso floreira, vaso floreira, vaso grafite, miniatura paisagem, vaso envelhecido, jogo de vaso Macapá, vaso pavanzinho, jogo de paisagem, vaso floreira, garrafa bola, porta jóia rupestre, prato quadrado com xícara, panela média, panela pequena, jogo de saladeira, garrafa, vaso médio porta lápis branco, vaso miniatura, conjunto jogo de feijoada, peça risco fino e jogo de jantar.

Parte da programação consistiu na apresentação de grupos musicais como canto coral, banda de rock pop e grupos folclóricas. Outro ponto a destacar foi assinatura do Protocolo de Intenções entre a SEDEME, IGAMA E FACAPA com o objetivo de estabelecer parceria institucional entre o poder público, privado e terceiro setor, visando o planejamento e desenvolvimento de ações para o funcionamento de um espaço de economia criativa para promoção do artesanato de cerâmica, de cultura local e turismo.

Para Rosa Helena Neves, Diretora Executiva do Espaço São José Liberto, responsável pela organização da exposição de cerâmica, “a devolução deste espaço para a população paraense tem vários significados, em especial a promoção de memória do lugar que por quase sessenta anos funcionou como Estação de Trem denominada Estação Pinheiro, além de ter a possibilidade de fomentar a economia criativa onde os fazeres e saberes sobre a cerâmica paraense tem a capacidade de gerar emprego e renda e isto precisa ser implementado de maneira inovadora, integrando as áreas criativas de turismo, cultura e artesanato”.




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Espaço São José Liberto funcionará em horário especial para as compras natalinas na próxima segunda-feira, 24


Novo espaço comercial do ESJL estará aberto ao público no dia 24 de dezembro
(Fotografia: ASCOM/IGAMA)


Na próxima segunda-feira, 24, véspera de Natal, o local funcionará das 9h às 17h para possibilitar ao público a visitação ao espaço, onde podem ser feitas as tradicionais compras natalinas. No dia 25 de dezembro e no dia de Ação de Graças, 1º de janeiro de 2018, o Espaço não abrirá ao público. A partir de 02 de janeiro de 2018 o ESJL volta ao seu horário normal de funcionamento: de terça a sábado, das 9h às 18h, e aos domingos e feriados, das 10h às 16h.

                               
Artesanatos de diverso tipos com temática natalina
(Fotografia: ASCOM/IGAMA)
O São José Liberto é um espaço de economia criativa que promove e comunica os produtos de moda, gemas e joias e artesanato paraense sob a lógica da sustentabilidade. O local oferece ao público visitante a possibilidade de comprar presentes de Natal e objetos decorativos da época. Também podem ser encontrados acessórios de moda, como colares, brincos, pulseiras, anéis, cintos, além de bolsas e peças que vestuário que fazem parte da nova Coleção de Produtos de Moda 2018/2019, lançada no início do mês de dezembro, por marcas autorais e locais.

As joias, produzidas em ouro ou prata, também são ótimas opções para quem está procurando uma lembrança única e com design diferenciado. As peças são criadas e produzidas com técnicas tradicionais, como peças cravejadas com pedras preciosas, ou inovadoras da joalheria, como a incrustação paraense e o uso de gemas vegetais, compostas por elementos naturais, cuja matéria-prima provém de frutos, sementes ou raízes, podem ser encontradas na Loja Una ou nas demais lojas de joias em funcionamento no prédio.

Ponto turístico obrigatório em qualquer roteiro, o Espaço São José Liberto comunica a tradição e a contemporaneidade do território amazônico. O ESJL é um exemplar do patrimônio arquitetônico da cidade e uma vitrine da cultura paraense, ao reunir Museu de Gemas, Memorial Cela Cinzeiro, Anfiteatro Coliseu das Artes, a Casa do Artesão, Espaço Moda e lojas de joias inspiradas na cultura amazônica.

O local é mantido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) e do Igama - organização social que gerencia o Espaço São José Liberto.

Serviço
Espaço São José Liberto
Funcionamento: de terça a sábado, de 9h às 18h, domingo, de 10h às 16h
Horário especia: 24 de dezembro, segunda-feira, de 9h às 17h
Endereço: Praça Amazonas, s/n, Jurunas




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Programa Polo Joalheiro realiza seminário sobre Comunicação Digital no Espaço São José Liberto

Petterson Farias ministrará o seminário "Construindo Minha Marca nas Redes Sociais"
(Fotografia: Estúdio Tereza & Aryanne)

O Espaço São José Liberto vai receber o publicitário Petterson Farias para ministrar o seminário “Construindo Minha Marca nas Redes Sociais – Social Media” nos dias 19 e 20 de dezembro, das 14h30 às 18h. O seminário destina-se a empreendedores criativos dos setores de moda, design, artesanato gemas e joias, estudantes e profissionais das áreas de comunicação, design, moda, arquitetura e áreas afins e gestores de projetos de economia criativa. No primeiro semestre, Petterson apresentou o seminário  “Seminário de gestão de conteúdo para redes sociais” também no ESJL.

A realização do seminário é uma ação de capacitação profissional que tem como objetivo o fortalecimento do volume de vendas e a ampliação do crescimento de oportunidades dos empreendedores criativos do setor de moda, gemas e joias, artesanato e outras modalidades criativas correlacionadas com os setores produtivos atendidos pelo Arranjo Produtivo Local de Moda, Design e Indústria do Vestuário e o Programa Polo Joalheiro.

O conteúdo programático vai abordar o perfil do consumidor atual; Marketing de Conteúdo: o poder do relacionamento; princípios do bom conteúdo digital, empreendedorismo nas redes sociais; definição de canais e disseminação de conteúdo; propósitos, problema e política; criação de editorias, características das marcas pós-digitais; direitos autorais; influenciadores digitais; gerenciamento de crises, além de outras referências e dicas.

Petterson Farias é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal do Pará e possui pós-graduação em Marketing Digital pela Fundação Getúlio Vargas. Atualmente, Petterson trabalha nas áreas de Planejamento de Marketing e Comunicação Digital. Nas suas redes pessoais, temas relacionados à literatura, comportamento e cultura web, misturados ao humor, atraem para seus perfis seguidores do Brasil inteiro.

O seminário é uma realização do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA), organização social gestora do Espaço São José Liberto, do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME).

Serviço
Seminário: Construindo Minha Marca nas Redes Sociais - Social Media
Com Petterson Farias
Data: 19 e 20/12
Hora: 14h30 às 18h
Local: Anfiteatro do Espaço São José Liberto 
Inscrições no link: https://doity.com.br/construindo-minha-marca-nas-redes-sociais-1
Evento Gratuito




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Espaço São José Liberto encerra programação cultural de 2018 com dança e feira de artesanato

Dança circular realizada no Espaço São José Liberto
(Fotografia: Ascom/IGAMA)



O Espaço São José Liberto, para celebrar o encerramento de sua programação anual cultural realizará no próximo domingo, 16 no horário de 10h às 12h, a última apresentação das Danças Circulares/ 2018. Ao todo, foram realizados 24 encontros de Danças Circulares que reuniu o coletivo de 1780 participantes ao ano. 

A programação cultural do Espaço São José Liberto compreende exposições, apresentações musicais de grupo de música de câmara, orquestrar, duo de voz, piano e violino, música coral, jazz band, canto popular, danças populares, recitais de canto lírico, bandas de música dos municípios do Pará. O Coliseu das Artes e a Capela São José tornaram-se espaços culturais que tem como foco promover a produção de música do Pará, além de divulgar o resultado de pesquisas e estudo na área de música.

Feira de manualidades
Feira de Artesanato da ALEPA realizada desde junho no ESJL,
uma vez por mês (Fotografia: Ascom/IGAMA)


Outro evento que integra o encerramento das atividades culturais de 2018 é a realização da Feira de Arte e Artesanato – a Expofeart, evento reúne mais de 15 empreendedoras criativas: Arte e Cia, Bordados da Vovó, Ééégua mana, Arte Fofa Artesanato, La Maison de Lu, Lua Rosa Artesanatos, Mãos de Rosa, Delícias da Baratinha, Pinta Cuia Atelier, Rosana Coral Acessórios, As Primas Delicatesse, Ateliê Anny Monique, Coisas de Paula, Laços e Bijus da Luh, Aroma dos Campos, Gigi Artesanato e Olivia Design. Realizado no terceiro domingo do mês, desde junho deste ano, esta é a quinta edição da Expofeart.

Os objetos comercializado são peças de decoração, produtos com utilidades domésticas, perfumaria, acessórios, confecções e produtos alimentícios, como biscoitos e doces, todos feitos à mão, produzidos por empreendedoras da Assembleia Legislativa do Pará. O evento valoriza o talento dos servidores da Alepa. A programação segue durante o funcionamento do prédio, até as 16h.


A Dança Circular é uma promoção do Instituto Ocara, a Expofeart é uma realização da Assembleia Legislativa do Pará e os dois eventos são realizados em parceria com o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA), organização social que gerencia o Espaço São José Liberto, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia e Governo do Pará.

Serviços

Data: 16/12/2018
Danças Circulares – 10h às 12h – Anfiteatro Coliseu das Artesanato
EXPOFEART – Feira de Artesanato – 10h às 16h – Salão de Exposição do ESJL
Entrada Franca




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

45º ENARTE promove diversidade de gêneros musicais no Espaço São José Liberto

EMUFPA Jazz Band se apresenta hoje, 11, no ESJL,
dentro da programação do Encontro de Arte de Belém
Fotografia: ASCOM/IGAMA

O Espaço São José Liberto recebe durante esta semana a programação do 45º Encontro de Arte de Belém (Enarte) no Anfiteatro Coliseu das Artes e na Capela São José, sempre às 17h. A 45º edição do Encontro de Arte (Enarte), que começou no último dia 29, segue até a próxima sexta-feira, 14, e tem como objetivo mostrar a produção artística e acadêmica da Escola de Música da Universidade Federal do Pará em locais abertos ao público.

Amanhã, 11, a EMUFPA Jazz Band se apresenta no Anfiteatro Coliseu das Artes, enquanto a Capela São José recebe o Concerto de Canto Coral. Na terça-feira, 12, é a vez da Banda Sinfônica da EMUFPA mostrar o seu repertório, já o Trio EMUFPA faz show na Capela. Por fim, na quarta-feira, 13, o Coliseu das Artes terá a presença da Orquestra Infantil de Violinos Lícia Arantes e na Capela São José se apresentarão os alunos do curso de Canto Coral da EMUFPA.

A realização do Enarte no ESJL é resultado de uma parceria entre a Escola de Música e o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia – organização social gestora do Espaço São José Liberto, que têm por intuito o fortalecimento da formação e pesquisa musical local promovida pelas instituições de ensino de arte no que se refere a linguagem da música. A iniciativa colabora com a divulgação do conhecimento e produção cultural e artística da UFPA, além de revelar novos talentos e apresentar grupos conhecidos, em espetáculos de qualidade, que também colaboram com a inserção, no mercado, de novos nomes da música paraenses, com programação de qualidade para o público que visita o local e comunidade do entorno do prédio.

O 45º Encontro de Arte de Belém é realizado pela Escola de Música da UFPA em parceria com o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA), organização social que gerencia o Espaço São José Liberto, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia e Governo do Pará.

Serviço
45º Encontro de Arte de Belém no Espaço São José Liberto

Data: 11/12 - 17h
EMUFPA Jazz Band – Anfiteatro Coliseu das Artes
Concerto de Canto Coral – Capela São José

Data: 12/12 -17h
Banda Sinfônica da EMUFPA - Anfiteatro Coliseu das Artes
Trio EMUFPA - Capela São José

13/12 – 17h
Orquestra Infantil de Violinos Lícia Arantes - Anfiteatro Coliseu das Artes
Alunos do curso de Canto Coral da EMUFPA - Capela São José

Entrada franca

Com informações da Escola de Música da Universidade Federal do Pará
A programação completa está no site da EMUFPA (http://www.emufpa.ufpa.br/)




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Lançamento da nova Coleção de Produtos de Moda 2018/2019 e reinauguração do espaço comercial movimentam ESJL

Empreendedores que fazem parte da nova Coleção de Produtos de Moda 2018/2019
(Fotografia: Renata Cunha/ ASCOM IGAMA)
A noite da última quinta-feira, 06, reuniu autoridades, designers, empreendedores criativos e público em geral para o lançamento da nova Coleção de Produtos de Moda 2018/2019 e reinauguração do espaço comercial do Espaço São José Liberto. Na ocasião, também foi exibido um fashion-film com direção artística de André Lima para apresentar as peças da nova coleção.

Rosa Helena Neves, Diretora Executiva do Espaço São José Liberto
(Fotografia: Renata Cunha/ ASCOM IGAMA)
Rosa Helena Neves, diretora executiva do Espaço São José Liberto, deu boas-vindas aos convidados e anunciou a entrega do novo espaço comercial e o lançamento da nova coleção de produtos de moda 2018/2019 com direção criativa do estilista paraense André Lima. Rosa Helena também agradeceu as presenças de Hildegardo Nunes, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), e Paulo Chaves, titular da Secretaria de Estado de Cultura (Secult).


Hildegardo Nunes, titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia
(Fotografia: Renata Cunha/ ASCOM IGAMA)
Hildegardo Nunes, da Sedeme, parabenizou “o coletivo criativo que integra o nosso Arranjo Produtivo Local de Moda e Design, coordenado pela Sedeme, e o talento de cada um. Naturalmente, esse trabalho teve a participação essencial desse grande artista, o André Lima e a criação aqui foi capaz de extrair das nossas entranhas o que temos de mais rico, não só em termos de materiais, mas em termos de talentos dos nossos artistas”.

André Lima, diretor criativo da nova Coleção de Produtos de Moda 2018/ 2019
(Fotografia: Renata Cunha/ ASCOM IGAMA)

“Gratidão aos criadores que se dispuseram a abriram os seus corações. Quem cria naturalmente tem uma essência que não é fácil se despir, muitas vezes dessa essencia, para reencontrar caminhos e encontrar mecanismos cada vez mais” foram as palavras de Izabela Jatene, da Secretaria de Municípios Sustentáveis. André Lima declarou estar muito “feliz e emocionado” com o lançamento da coleção e do fashion-film apresentado ao público.

Em vez de desfile, a coleção foi apresentada por meio de um fashion-film, que de forma artística apresenta modelos que usaram as peças das 22 marcas autorais envolvidas na nova produção que já está à venda no Espaço São José Liberto. A ação é uma forma de dar visibilidade a produção de uma moda autoral, com o objetivo promover o fortalecimento da imagem dos produtos da moda paraense que integram o Arranjo Produtivo Local de Moda, Design e Indústria do Vestuário, visando o crescimento do volume de vendas e a promoção comercial dos produtos do ESJL.

O movimento desse coletivo e sua ampliação comercial tem gerado renda e oportunidade para outros profissionais criativos, sem que cada um perca a sua individualidade, como ourives, costureiras, mestres artesãos de ofícios, lapidários, bolseiros, estilistas e uma rede de fornecedores de insumos, criando e produzindo juntos uma dinâmica na economia local, como a produção do vestuário das peças de três marcas envolvidas na coleção pelo ateliê da estilista Kathia Novellino.

Público conhece novo espaço comercial do Espaço São José Liberto
(Fotografia: Renata Cunha/ ASCOM IGAMA)
Para Brenda Lopes, designer, “o resultado final foi gratificante e toda a coleção estava bonita e cheia de peças ricas, tanto na escolha de material dos seus produtos quanto na forma”. Brenda também elogia o novo espaço comercial: “O Espaço Moda e a Casa do Artesão estão com uma proposta diferenciada”. 

“Participar desse projeto foi bem interessante, um percurso longo, cheio de percalços, de idas e vindas, mas que chegou a um resultado incrível e que me deixou muito feliz", comenta Renata Gonçalves, da marca TuCrias, que produziu uma das coleções de roupas. "O maior desafio foi me permitir participar de um processo de criação coletiva, onde a liberdade de criação precisava estar alinhada com tantas outras criações, de outros tantos criadores”, completa a designer.

“Foram sete meses de trabalho árduo e muito aprendizado, o que eu aprendi foi o olhar mais apurado sobre pesquisa e os materiais", resumiu Luti Cavalcante, proprietária da marca Luti Bolsas. A empreendedora comenta que "aprendi a pesquisar bastante, realizar um produto mais inovador, aprendi a valorizar mais o meu produto e todo o processo envolvido, o resultado foi um visual bastante marcante com o couro, as cores e as texturas", comenta Luti sobre o resultado da coleção.

Também prestigiaram o evento os representantes das instituições públicas, privadas e do terceiro setor, Telma Guerreiro, da Casa Civil, Fátima Gonçalves, da Secretaria de Turismo, Sérgio Menezes, Diretor de Desenvolvimento do Comércio, Indústria e Serviços da Sedeme, Dyjane Amaral, Secretaria Adjunta da Sedeme, Marily Germano, Diretoria de Concessões da Sedeme, Bárbara Lambertucci, Programa Pará 2030, Celeste Franco, da Associação Comercial do Pará, Darley Quintas, da Cia de Artes e Produções, Maurício Quintairos, da Cia Tribos Ballet Teatro, Renata Siqueira, proprietária da Renata Tecidos, Adelaide Oliveira, Fundação Paraense de Radiodifusão (Funtelpa), Eduardo Klautau, da Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém, as estilistas Kathia Novellino e Dilú Fiúza de Melo e Manoel Neto, cofundador e diretor executivo do BDZ (Belém Design Zones).

A nova Coleção de Produtos de Moda 2018/2019, com a direção criativa do estilista André Lima, tem a participação das marcas Amazônia e Cia, Ana Ervedosa Biojoias da Amazônia, Bazzola Couros e Estilo, Beta Freitas MetalDesign, Bianca Camino, BL Joias e Acesórios, Camilla Amaral, Celeste Heitmann, DaNatureza, HB Design, Ivam Pereira, Ivete Negrão, José Leuan, Lilia Lima, Ludmila Heringer, Luti Bolsas, Madame Floresta, Michele Eguchi, Mariana Bibas, Rosa Castro, TuCrias, Viviane Gonçalves.

O lançamento da Coleção de Produtos de Moda 2018/2019 compreende 273 produtos inéditos e é uma realização do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA), organização social que gerencia o Espaço São José Liberto, e tem o apoio da Rede Cultura de Comunicação, Renata Tecidos, DiCasa e BDZ.




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Horário de funcionamento em outubro

Com o objetivo de atender o alto fluxo de turistas que estarão na cidade de Belém no período da Festa do Círio de Nazaré 2018, bem como, em atenção ao cumprimento do calendário das eleições no Brasil, o Espaço São José Liberto funcionará com horários e dias da semana especiais. 
Durante o mês de outubro, o Espaço São José Liberto está com as exposições “Joias de Nazaré 2018 – Devoção à Maria”, no Salão de Exposições, e “A jovem Maria no reino do céu”, de artesanato religioso, na Capela São José, abertas ao público até o dia 27/10, com entrada franca. Em novembro, será retomado o horário de funcionamento em vigor: de 3º a sábado, de 9h às 18h, domingos, de 10h às 16h.





Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.
Postagens Antigas
Inicio
Contador acessso