Curso de acabamentos para bijuterias capacita empreendedores criativos no Polo Joalheiro

Designer Lídia Ibrahim.
Foto: Igama/Divulgação
De um fecho simples a uma criação exclusiva que complemente uma bijuteria, o acabamento é o diferencial que valoriza o design de um colar, pulseira, anel ou outro adorno. Para detalhar o assunto, a artesã e designer de joias Lídia Mara Pereira Abrahim ministra até esta sexta-feira (19) o curso “Acabamentos para acessórios de moda – bijuterias” no auditório do Espaço São José Liberto.
O Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), que administra o Espaço São José Liberto, promove o curso, dando continuidade ao curso de confecção de adornos, ministrado em fevereiro de 2014, em uma promoção da Secretaria de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom) e do Igama. Com ênfase em acessórios com matéria-prima regional, como sementes, coco, madrepérola, chifre, osso e madeira, os cursos integram a programação anual de capacitação profissional do Programa Polo Joalheiro e são voltados para profissionais cadastrados no grupo de moda do programa, além de profissionais de áreas afins.
Um dos participantes do curso é o designer de joias e acessórios de moda Ivam Pereira, que está no programa há quatro anos. Segundo ele, o conteúdo apreendido servirá para todas as suas áreas de atuação. “Os conhecimentos adquiridos aqui acrescentarão demais no meu trabalho”, disse, explicando que pretende reproduzir em ouro e prata fechos experimentados em materiais naturais, como jarina, coco e fios.
Para a designer de produtos Kelly Badarane, que integra o Programa Polo Joalheiro desde 2006, o acabamento é fundamental. “O que diferencia uma boa peça no mercado é o acabamento. Em cada curso a gente aprende uma técnica, um acabamento diferente, ou então reforça esse tipo acabamento que a gente costuma fazer”, comentou.
Com outro olhar para o aprendizado, a acadêmica de arquitetura Queila Pantoja de Araújo acompanhou com atenção as aulas e contou que pretende levar os conhecimentos para sua área, adaptando as técnicas em projetos de móveis e paredes. “Já admirava o trabalho da Lídia, que tem textura, cores e brilho diferenciados, fugindo mais do tradicional dourado e prateado”, revelou.
Resultado: colar criado pela designer Ivete Negrão.
 Igama/Divulgação

“O acabamento transforma qualquer peça em um produto diferenciado”, frisou Lídia Abrahim. Durante as aulas, os alunos também podem conhecer detalhes de peças criadas por designers e empresários renomados no cenário nacional e local, como Nilma Arraes, Tita Maria, Mary Design, Suzana Rodrigues e Mana Bernardes, além de peças criadas por tribos indígenas.

“Todas elas têm um trabalho reconhecido e impecável, cada um no seu estilo. O que existe em comum entre todas elas? São boas ideias e são bem executadas. Aqui também temos boas ideias e criatividade entre os designers e artesãos participantes. Eles só precisam executar bem essas ideias”, observou a artesã.

Segundo ela, uma peça bem finalizada ganha refinamento, desde um produto produzido com técnicas simples de fiação (encordoamento) até as peças criadas com tramas mais elaboradas, como as resultantes das técnicas de macramê e crochê. As etapas de escolha de matéria-prima, criação, produção e acabamento de uma peça artesanal, segundo Lídia, devem ser vivenciadas corretamente e sem atropelos. “Tem que saber escolher os fios, as contas e outros materiais. Entender  e conhecer tudo o que compõe o acessório para poder raciocinar com calma em cima dele”, detalhou.

Lídia também disse que os fechos podem ser comprados prontos ou criados de forma exclusiva, usando especialmente a matéria-prima da região. “Como o nosso diferencial no Arranjo Produtivo Local de moda é o material amazônico, falei muito sobre fios, contas e acabamentos naturais com a possibilidade de criarmos em cima destes materiais, desenharmos terminações diferentes. Inclusive, cada um pode ter seu estilo aplicado nesta terminação”, continuou.
Lídia demonstra técnicas para os participantes do curso.
Foto: Igama/Divulgação
Segundo a designer, a pesquisa de material para acabamento de bijuteria deve ser constante e abarcar outras áreas, como a riqueza dos adornos e ornamentos indígenas, uma de suas principais fontes de pesquisa, em que ela observa a tessitura nas penas, o acabamento nos beirais dos cestos e outros detalhes da arte empírica das tribos.

Com vasta experiência e reconhecimento na área, Lídia Abrahim é graduada em Design pela Universidade do Estado do Pará (Uepa) e atua, desde 2002, com desenvolvimento de produtos. Sua especialidade é a criação de joias e peças artesanais sustentáveis. Desde 2006, ela trabalha como consultora em Inovação e Desenvolvimento Territorial pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), e integra o Programa Polo Joalheiro.

Ascom/Igama





Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

SBT grava matéria especial sobre inspiração para Círio 2014

Artesão da cerâmica Doca Leite e seus trabalhos.
Foto: Igama/Divulgação
Com foco na criatividade que o Círio de Nazaré inspira nos artesãos, designers, lapidários, ourives e demais empreendedores criativos paraenses, a equipe de TV da emissora SBT Belém (canal 5) gravou, matéria no Espaço São José Liberto (ESJL), nesta sexta-feira (19).

Participaram da gravação da matéria, que mostrou o trabalho das categorias criativas atendidas pelo programa Polo Joalheiro, o artesão Doca Leite com seu trabalho em cerâmica; o designer Felipe Braun, que criou peças para a coleção “Joias de Nazaré 2014 – Expressões da Fé” e o ourives Ramirez Garcia, que tem produzido em sua escola de ourivesaria joias com temática religiosa e inspiração nos ícones da festividade de Nossa Senhora de Nazaré.
O designer Felipe Braun falou sobre sua produção.
Foto: Igama/Divulgação

Doca Leite pôde falar sobre seu trabalho com cerâmica e um pouco de sua trajetória. Ele também exibiu imagens de santas com grafismo marajoara nos mantos.
O designer Felipe Braun falou sobre a 11ª edição da coleção de “Joias de Nazaré” e mostrou algumas das peças que farão parte da exposição temática, que começa no dia 1º de outubro. Também falou sobre o processo criativo que gerou a nova coleção. 
O ourives Ramirez Garcia durante a entrevista.
Foto: Igama/Divulgação
Já o designer Ramirez Garcia mostrou parte do processo de produção e ourivesaria das joias com temática de Nazaré e também falou sobre sua devoção pela padroeira dos paraenses.
A equipe do SBT contou com a repórter Pollyanna Bastos, o cinegrafista Mauro Black e o auxiliar Tonho Aguiar. A gravação vai ao ar no dia 12 de outubro durante a programação especial do Círio de Nazaré.


Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Cursos de Inovação: Confecção / Acessórios de Moda

Entre os dias 22 e 25 de setembro e 06/10, a Incubadora Pará Criativo oferece a continuidade de dois cursos de inovação para os setores produtivos da moda. A ação é resultante do trabalho desenvolvido no primeiro semestre, quando foram ofertados workshops para os mesmos setores. Inserida no contexto do APL de Moda e Design de Belém, a iniciativa conta com o apoio da Secretaria de Estado de Indústria e Comércio (Seicom) e do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama).

Os cursos serão ministrados por Yorrana Souza e Fernando Hage. Durante a atividade, será realizado um trabalho de direção artística e curadoria e, a partir das clínicas individualizadas, os empreendedores irão desenvolver 5 produtos para compor a coleção que posteriormente será lançada ao mercado, aproximando desta forma os empreendedores criativos de seu público-alvo.

Para integrar as turmas, os interessados devem ter em participado dos workshops “Confecção Criativa com Temática Religiosa” e “Confecção Criativa: Diversidade Cultural e Inovação”, promovidos entre os meses de abril e julho deste ano e ter realizado a entrega dos pré-projetos ao final dos workshops.

Novos participantes devem aderir aos critérios: Empreendedores de moda que tenham uma produção em andamento (acessórios, confecção, etc).

Período: 22 a 25 de setembro e 06/10 - COM AGENDAMENTO INDIVIDUAL
Horário: 14h às 18h
Local: Auditório do Polo Joalheiro do Pará
Mais informações: (91) 3344 3518

Estão disponíveis 13 vagas, interessados por gentileza responder a este e-mail com NOME COMPLETO E CPF.

Texto: Ascom/IAP




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Encontro "Café com Planejamento"

Diretora Rosa Helena Neves durante o evento.
Foto: Igama/Divulgação
A diretora executiva do Espaço São José Liberto (ESJL) e do Polo Joalheiro, Rosa Helena Neves, participou nesta quinta-feira (18), na sede da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Finanças (Sedip), do "Café com Planejamento", evento que debateu gestão e políticas públicas, avaliação, planejamento e orçamento. Rosa Neves proferiu a palestra "Economia Criativa como Estratégia de Desenvolvimento - As experiências do ESJL e do Programa Polo Joalheiro do Pará". Na oportunidade também foram expostas jóias do acervo do Polo Joalheiro.

Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

AuDITIONS Brasil 2014/2015 abre inscrições

Convite AuDITIONS Brasil.
O AuDITIONS Brasil, maior concurso de design de joias em ouro do mundo, realizado pela AngloGold Ashanti, está com inscrições abertas para a edição 2014/2015, que tem como tema “Recombinações”. Trata-se de ideias, elementos ou conceitos que se juntam para criar um terceiro completamente novo, perpetuando a lógica da inovação, tão característica do nosso tempo.

Designers de joias, estudantes e profissionais que tenham interesse na área podem participar do 11ª AuDITIONS Brasil, concurso que se consagrou como referência global e que premiará os primeiros colocados com R$ 5 mil a R$ 30 mil em barras de ouro.

A 10ª edição da exposição de joias em ouro do AuDITIONS foi realizada, em outubro de 2013, pela primeira vez na capital paraense. O Espaço São José Liberto/Polo Joalheiro do Pará foi o local escolhido para receber o evento, sendo Belém foi a primeira das três capitais brasileiras que receberam a mostra itinerante, que seguiu para Belo Horizonte (MG) e Rio de Janeiro (RJ).

As 18 joias finalistas destacaram a riqueza natural e cultural do povo brasileiro e a atriz Taís Araújo foi a Golden Girl 2012, embaixadora do certame nos anos 2012/2013. Ela usou uma das 18 joias selecionadas, o colar “Açaí”, criação da designer paraense Selma Montenegro, que integra o Programa Polo Joalheiro do Pará e foi a única representante da Região Norte no concurso que teve a “Brasilidade” como tema.

Designer Clara Amorim.
Foto: Igama/Divulgação
Em Belém, a exposição foi uma realização da AngloGold Ashanti AuDITIONS, por meio da Lei Rouanet, do Ministério da Cultura (MinC), com apoio da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom), do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama) e do Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral), com produção executiva de Heloisa Couto Produções e Eventos.

A versão brasileira do prêmio é realizada desde 2002 e as joias finalistas, que passam a fazer parte do acervo da empresa, são expostas em diversos locais do Brasil e do mundo. As coleções apresentadas evidenciam o ouro em joias atraentes e de grande valor no contexto da contemporaneidade.

O evento é realizado de dois em dois anos no Brasil, China e África do Sul e propõe temas para a criação de joias originais que acabam traduzindo muito da cultura local de cada país onde acontece. A iniciativa contribui mundialmente para o desenvolvimento e rejuvenescimento do setor joalheiro, principal destino do ouro, estabelecendo tendências e incentivando o uso de novas tecnologias. Também mostra comprometimento com todas as etapas da cadeia produtiva do ouro e evidencia o caminho percorrido pelo metal para além dos portões das refinarias. 
Designer Lídia Abrahim.
Foto: Igama/Divulgação
No Brasil, o concurso aborda questões relevantes, como o consumo responsável, a sustentabilidade, a preservação da cultura e a identidade nacional, além de projetar o país como criador e exportador de profissionais de alta capacidade técnica na área. Além disso, é uma verdadeira vitrine para o mundo, revelando a excelência dos designers brasileiros e permitindo que o país obtenha cada vez mais reconhecimento e projeção internacional na área de design de joias.

Representatividade – Já foram selecionadas no concurso três designers paraenses integrantes do Programa Polo Joalheiro do Pará: Selma Montenegro, Clara Amorim e Lídia Abrahim. A seleção das designers coloca as profissionais paraenses no seleto grupo de criadores do setor joalheiro nacional.

Clara Amorim foi a primeira designer paraense finalista do concurso, nos anos de 2006 e 2007. Única representante do Norte e Nordeste, ela criou o broche em ouro branco “Fogo sob Gelo”, apresentado pela modelo Isabella Fiorentino, a golden girl da referida edição, cujo tema era “Calor Glacial”. A peça móvel mostra cristais de gelo, quando está fechada, e revela o sol, quando aberta, representando sentimentos humanos e antagonismos da vida, como razão e emoção, quente e frio, feminino e masculino.

Já a designer Lídia Abrahim criou, em 2010, o anel “Prece”, que, segundo ela, retrata o poder da fé para a transformação humana. Com a peça, apresentada pela golden girl Luiza Brunet, a designer foi a única representante do Pará na edição passada do Auditions Brasil (2010/2012), que teve como tema “Sincronicidade: valores humanos através do tempo”.
Designer Selma Montenegro.
Foto: Studio Oliveira/Divulgação
Foi com o projeto do colar “Açaí”, desenvolvido pela escola de ourivesaria Rahma, que funciona no São José Liberto, que a designer Selma Montenegro foi selecionada entre mais de 1.386 inscritos de todo o país. Com 400 gramas de ouro, oferecido pela mineradora para cada finalista, caroço de arumã e outros materiais característicos da região serviram como matéria-prima para a peça. Na ocasião, a designer também lançou uma coleção de joias inspiradas no “Açaí” e comercializadas na loja que mantém no Espaço São José Liberto.

O prêmio Auditions é uma referência global e revela a excelência dos designers brasileiros. As vencedoras das duas categorias da última edição foram Camila Schmitt, com o colar “Cana do Brasil” (Prêmio Auditions), e Carla Abras, com o colar-bolsa “A Rara” (Prêmio Auditions 10 Anos).

Recombinações - Nos tempos hipermodernos em que vivemos, o momento é de misturas de tipos, transversalidades criativas e cruzamentos dos mais variados. Inspirados por essa macrotendência foi escolhido o tema da edição 2014/2015 do concurso.

Recombinações” mostra fusões improváveis que vêm acontecendo nos mais diversos campos, como moda, design, luxo, arte e cultura pop. A ideia é que esses campos se misturem, quebrando qualquer tipo de fronteira rígida que existia entre eles. Hoje, produtos industriais de massa confundem-se com a moda e tornam-se cada vez mais estilizados.

O setor de luxo, outrora marcado por tradições rígidas e padrões clássicos, agora dialoga com a moda e o showbiz. Ícones pop utilizam referências da cultura erudita. Marcas de moda e design e grandes artistas se unem para desenvolver projetos destinados a um público que não vê mais sentido em definir o que é “arte maior” ou “arte menor”.

Junto dessa cultura de misturas, também enxergamos a reafirmação da consciência ambiental e a importância de atitudes sustentáveis. Seguindo esse conceito, enxergamos dentro das tendências de recombinação o consumo responsável, o luxo durável e o turismo ecológico, entre outros. Cabe ao participante do concurso traduzir esse tema em uma peça tão instigante e plural quanto o tema apresentado. O ponto de partida, o mais nobre dos materiais: o ouro.
Arquiteta e pesquisadora Regina Machado.
Foto: AuDITIONS/Divulgação
O concurso também realiza o “Fórum de Ideias Brasil” e convida renomados nomes da área, como Regina Machado, arquiteta, pesquisadora de tendências e especialista em design de jóias, que, semana passada, falou sobre o tema do AuDITIONS Brasil na Livraria da Travessa, Rio de Janeiro. Ela compartilhou um pouco sobre a sua trajetória profissional, processos criativos e o tema “Recombinações”.

Confira o vídeo aqui: http://www.auditionsbrasil.com.br/forum-palestras/forum-de-ideias-regina-machado/

Serviço: Mais informações sobre o concurso podem ser encontradas no site www.auditionsbrasil.com.br, e-mail auditionsbrasil@anglogoldashanti.com.br, facebook facebook.com/AUDITIONSBrasil e telefone +55 (31) 3589-1568.

Ascom/Igama com informações do AuDITIONS Brasil




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Desfile de joias do Polo está na programação do "Mulher Empreendedora 2014”

Bracelete "Rádica" da empresa Ourogema.
Foto: Igama/Divulgação
O Conselho da Mulher Empresária do Pará, a Associação Comercial do Pará (ACP) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PA) realizam nesta quarta-feira (17) e na quinta-feira (18) a programação do evento “Mulher Empreendedora 2014”, que homenageará as empresárias que se destacaram no ano anterior. A 11ª edição do evento tem como tema "Inovação e Flexibilidade".

No primeiro dia de comemoração foi realizado à noite, no auditório da ACP, um desfile de moda com criações do estilista Tony Palha e de joias e acessórios de moda criados e confeccionados por designers, ourives, lapidários, produtores e demais empreendedores individuais e microempresários do Polo Joalheiro do Pará.

Na programação do segundo dia do evento, a designer e artista plástica Celeste Heitmann, que integra o Programa Polo Joalheiro, desenvolvido no Espaço São José Liberto, será homenageada com o prêmio “Talento Cultural 2013”, por seus 30 anos de carreira.

Na ocasião, será exibido um vídeo com uma pequena biografia da homenageada, com destaque para seu trabalho, ambientado na Casa do Artesão e na Capela do São José Liberto. A premiação “Mulher Empreendedora e Talento Cultural 2013” será realizada na sede do Colégio Rui Barbosa, na Avenida Pedro Miranda, bairro da Pedreira.
Carteira "Aranha", criação da designer Celeste Heitmann.
Foto: Igama/Divulgação
Joias - No desfile realizado na ACP, foram mostradas aos convidados joias confeccionadas em ouro e prata, com gemas minerais como ônix, quartzos fumê e rosa, citrino, ametista bruta e turmalina negra, e ainda madeira comum e rádica, casca de coco, madeira de pupunheira, semente de babaçu e outras gemas orgânicas.

As 27 peças selecionadas para o desfile foram inspiradas na cultura amazônica. Os colares, pingentes, anéis, brincos e pulseiras foram produzidos pelas empresas Joiartmiro, Zeus, HS Criações & Design, Ourogema, Montenegro’s, Danatureza e Loja UNA. As joias foram criadas pelos designers Ivete Negrão, Marcilene Rodrigues, Ana Cássia, Selma Montenegro e Celeste Heitmann.

Colar "Ametista Bruta", criação da designer Selma Montenegro.
Foto: Igama/Divulgação
O desfile marcou o lançamento da 12ª Feira Outlet. Além da feira de moda e acessórios, lançada no início da noite, foram realizadas, durante o dia, rodadas de negócios, consultorias coletivas e palestra com a secretária de Estado de Indústria, Comércio e Mineração, Maria Amélia Henriquez.
Também integraram a programação do "Mulher Empreendedora 2014" desta quinta-feira o painel "Moda e Tendências de Mercado", que contou com a participação de Tony Palha, Felícia Assmar e Berenice Pamplona, e exposições do do Polo Joalheiro do Pará, do estilista Tony Palha e da designer Celeste Heitmann. 


Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Curso Acabamentos para Acessórios de Moda

Designer Lídia Mara Pereira Abrahim.
Foto: Igama/Divulgação
Fotos do curso de "Acabamentos para acessórios de moda" com a artesã e designer Lídia Abrahim, que começou nesta terça-feira, 16, no auditório do Espaço São José Liberto.
Lídia Mara Pereira Abrahim durante o curso ministrado.
Foto: Igama/Divulgação

Com vagas limitadas a atividade segue até a próxima sexta (19), sendo direcionada aos profissionais cadastrados no Grupo de Moda do Programa Polo Joalheiro, que tenham experiência na área.
Participantes do curso de acabamentos para acessórios de moda.
Foto: Igama/Divulgação

Com reconhecimento nacional e internacional em design de joias, Lídia Abrahim tem vasta experiência em produção de acessórios. Em fevereiro deste ano, ela esteve à frente do curso de "Confecção de adornos", que também integrou a programação anual de capacitação profissional, promovida pela Secretaria de Estado de Indústria e Comércio do Pará (Seicom) e pelo Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama).

Curta também as fotos em nossa fanpage no Facebook.

Saiba mais em http://migre.me/lClZa

Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Momento Sebrae é gravado no São José Liberto

Gravação do Momento Sebrae no ESJL.
Foto: Igama/Divulgação
A equipe da produtora TV Norte realizou na tarde desta terça-feira (16) gravação na Casa do Artesão do Espaço São José Liberto (ESJL). Vilson Schuber, diretor superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Pará (Sebrae/PA) participou da gravação.
Vilson Schuber, diretor superintendente do Sebrae/PA.
Foto: Igama/Divulgação
A sonora gravada divulgará a “II Feira de Artesanato do Círio 2014” e vai ao ar no Momento Sebrae, segmento exibido toda segunda-feira durante os intervalos da programação da TV Liberal (canal 7). 

Entre os integrantes da equipe estavam Thiago Viana, assessor de Imprensa da CA Nomedia, e Jecyone Pinheiro, assessora de Comunicação do Sebrae. 

A gravação feita no São José Liberto será exibida na próxima segunda, 22.

Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Círio 2014 - Designers, ourives, lapidários e demais empreendedores criativos

Escola Rahma Gemas e Joias - designer Eli Cascaes e ourives Reinaldo Cardoso.
Foto:Igama/Divulgação
Designers, ourives, lapidários e demais empreendedores criativos do Programa Polo Joalheiro do Pará estão a todo vapor para finalizar suas peças da coleção "Joias de Nazaré 2014", que chega a sua 11ª edição como uma das principais atrações do calendário turístico da capital paraense no período do Círio de Nazaré.
Designer Eli Cascaes na Escola Rahma Gemas e Joias.
Foto: Igama/Divulgação
Ourives Ramirez Garcia, proprietário da Escola Rahma.
Foto: Igama/Divulgação
Artesão da Escola Rahma.
Foto: Igama/Divulgação
Peça sendo produzida na Escola Rahma.
Foto: Igama/Divulgação

Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Joias de Nazaré são tema de matéria da TV RBA

Designer Jorge Duarte, que trabalha na loja HS Criações & Design.
Foto: Igama/Divulgação
A equipe de reportagem do Jornal RBA gravou, na manhã desta quinta feira (11), no Espaço São José liberto (ESJL), matéria sobre criação e confecção de joias inspiradas no Círio de Nazaré. 

Foram entrevistados profissionais do Programa Polo Joalheiro do Pará, que trabalham nas áreas da ourivesaria, lapidação e design. O coordenador comercial do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), Thiago Albuquerque, também foi entrevistado e falou sobre a coleção “Joias de Nazaré 2014”, que em sua 11ª edição tem como tema “Expressões da Fé” e encontra-se em fase final de produção. 

Foram gravadas imagens na oficina de ourivesaria Amazon Art, onde os ourives João Tavares e Cristiano Tavares puderam mostrar parte do processo de produção das peças do Círio.
Lapidária Leila Salame, proprietária da loja Gemas do Mundo. 
Foto: Igama/Divulgação
O ourives e lapidário Ramires Garcia, proprietário da Rahma, escola de ourivesaria que funciona no mezanino do espaço, demonstrou algumas etapas da ourivesaria: a fundição, laminação e corte de uma joia em prata em forma de berlinda, além de explicar sobre as técnicas usadas.

Também falou sobre a nova coleção Joias de Nazaré o designer Jorge Duarte, que trabalha na loja HS Criações & Design, situada no São José Liberto. Jorge, que ingressou recentemente no Programa Polo Joalheiro, mostrou à equipe de reportagem uma de suas produções e contou que já criou mais de 15 peças com temática religiosa para o Círio deste ano.

A lapidária Leila Salame, proprietária da loja Gemas do Mundo, também falou com a TV RBA. Ela contou sobre a escolha das gemas minerais (pedras preciosas), que “são parte integrante das joias e que ajudam a destacar ainda mais a beleza das produções”.

Integraram a equipe do Jornal RBA a repórter Poliana Gomes e o cinegrafista Rogério Cereja. O jornal vai de segunda a sábado, às 18h50, no canal 13, sendo apresentado pela jornalista Daiane Balbinot. A matéria sobre as Joias de Nazaré do Polo Joalheiro tem previsão de ser exibida nos próximos dias.

Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.
Postagens Antigas
Inicio
Contador acessso