I Mostra Criativa em Bragança quer impulsionar o artesanato no nordeste paraense

O município de Bragança, a terra da Marujada, localizado no nordeste do Pará, terá a 1° Mostra Criativa da Região, aberta oficialmente às 10h30 desta quinta-feira (18), na Prefeitura Municipal. Foto: Eunice Pinto/Agência Pará-Arquivo
O município de Bragança, a terra da Marujada, localizado no nordeste do Pará, terá a 1° Mostra Criativa da Região, aberta oficialmente às 10h30 desta quinta-feira (18), na Prefeitura Municipal. O evento faz parte da programação do primeiro aniversário da Casa do Empreendedor de Bragança. A parceria entre a Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom), a Prefeitura Municipal de Bragança, a Organização Social Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama) – que gerencia o Espaço São José Liberto -, o Instituto de Artes do Pará (IAP) e a Casa do Empreendedor resultou na realização da Mostra Criativa, com o objetivo de integrar micro e pequenos empreendedores bragantinos em um espaço destinado à apresentação de toda a cultura envolvida em suas atividades. A Mostra poderá ser visitada até 26 de dezembro.

Com a ajuda dos parceiros, ao longo de um ano diversas atividades foram realizadas visando acelerar o desenvolvimento comercial do artesanato na região nordeste. As ações que contemplam esta programação foram idealizadas para proporcionar aos empreendedores e aos demais segmentos sociais o envolvimento no processo de fomento ao empreendedorismo em Bragança.

A Seicom também coordena o Núcleo Estadual de Arranjos Produtivos Locais (NEAPL), com representatividade no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), que tem o propósito de reforçar o apoio ao micro negócio criativo.

Já está em fase de validação o Plano de Desenvolvimento do APL de Moda e Design voltado para a Região Metropolitana de Belém (RMB), uma experiência que se repetiu no trabalho durante o ano todo em Bragança, com a realização de oficinas para melhoria da qualidade do produto e visitas técnicas às comunidades criativas da região.

Leia também na Agência Pará de Notícias.

Fonte: Ascom/Seicom

Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Artesanato de Natal pode ser encontrado no Espaço São José Liberto

Peças de artesanato com temática natalina podem ser encontradas na Casa do Artesão.
Foto: Igama/Divulgação
Peças de artesanato com temática natalina podem ser encontradas na Casa do Artesão do Espaço São José Liberto. Com produtos confeccionados especialmente para o mês de dezembro, o espaço oferece opções para quem deseja criar uma decoração mais regional em casa ou presentear amigos e familiares com uma lembrança diferente e artesanal, carregada com a tradição e a cultura do Norte do país.

Guirlandas, presépios e árvores de Natal são alguns dos artesanatos expostos. As peças são confeccionadas com miriti, fibras, cerâmica e outras matérias-primas. O artesanato paraense se adapta a diversas formas de interpretação, dependendo da época do ano – como no Natal ou no Círio – ou da vontade do artesão em criar produtos que comuniquem o tema com criatividade.

Cinco artesãos participantes do Programa Polo Joalheiro do Pará produziram as peças temáticas este ano. Raimundo Alfredo Costa criou camisas estampadas com mensagens de Boas Festas e imagens de pontos turísticos e históricos da capital. A artesã Ana Regina Gomes produziu guirlandas e renas de patchouli. Rafael Vieira Pereira e Manoel Miranda criaram árvores de Natal, presépios, móbiles e outros objetos de decoração, usando o miriti. Já Maria da Graça Alves Menezes produziu pequenos porta sabonetes de cerâmica marajoara em formato de árvore de Natal.
Saboneteiras de cerâmica em formato de Árvore de Natal com sabonete regional.
Foto: Eliseu Dias/Agência Pará
Ana Regina Gomes conta que produz artesanato há mais de 15 anos e que a procura é sempre grande, especialmente pelo cheiro do Pará. No fim do ano, a preferência dos clientes é pelos produtos natalinos. A artesã tem clientes fixos em Belém e diz que suas peças são muito valorizadas e procuradas também por turistas. “Já encontrei lugares com os meus produtos decorando casas, aqui e em outros Estados, porque as pessoas levam de presente. Fico muito orgulhosa quando vejo”, afirma.
As peças natalinas de miriti de Rafael Pereira também fazem sucesso na Casa do Artesão. “Trabalho com artesanato desde 1999. Na época, com 16 anos, vendia para conhecidos, lojas, feiras em praças e para o Museu Emílio Goeldi. Ao entrar para o Espaço São José Liberto, em 2002, passei a fornecer cada vez mais peças. Tudo é feito a mão”, explica.

Todo fim de ano o artesão produz as peças temáticas. “Já criei um enfeite aliando o tradicional com o regional, ao juntar a imagem do Papai Noel a um pequeno açaizeiro, que agradou muito, principalmente as pessoas de fora”, lembra Rafael, que este ano optou por produzir apenas peças clássicas de miriti, como móbiles de anjos, bonecos de neve e árvores com enfeites característicos da região, como barcos, peixes e outros.
Enfeites de Árvore de Natal.
Foto: Eliseu Dias/Agência Pará
Preferência – Thiago Albuquerque, coordenador tecnológico e comercial do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), conta que quem mais se interessa pelo artesanato local são turistas brasileiros de outros Estados, como Rio de Janeiro e São Paulo, que conhecem os produtos através da parceria firmada com a Companhia Paraense de Turismo (Paratur) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Somos uma alternativa aos shoppings da cidade. Não temos uma alta rotatividade de clientes o tempo todo, mas contamos com as parcerias que temos com a Paratur e o Sebrae na promoção e comercialização dos produtos pelo espaço”, explica o coordenador, informando que uma dessas ações é o estande, denominado “Pará Natal”, montado no Aeroporto Internacional de Belém até o fim deste ano.

Segundo Thiago Albuquerque, o volume de vendas de artesanato este ano cresceu 20% em comparação ao ano de 2013. Produtos diferenciados, artesanais e carregados de cultura e tradição podem ser encontrados na Casa do Artesão, que também comercializa acessórios de moda, outra boa opção de presente no fim de ano.

O mês de dezembro também registra aumento na venda de joias em ouro e prata. Anéis de formatura são outros itens bastante procurados no Polo Joalheiro do Pará, no fim e início de ano, por conta das cerimônias de conclusão de curso que ocorrem a partir do mês de janeiro.
Guirlanda produzida com patchouli.
Foto: Igama/Divulgação
A Casa do Artesão integra o território criativo do Espaço São José Liberto, que reúne joias, turismo, gastronomia, artesanato, patrimônio histórico e outros setores. O espaço e o Programa Polo Joalheiro do Pará são gerenciados pela organização social Igama e tem como mantenedora a Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom). Funciona de terça-feira a sábado, das 9h às 19h, e aos domingos e feriados, das 10h às 18h. O local não abrirá no próximo dia 25.

Leia também na Agência Pará de Notícias.

Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

I Mostra Bragança Criativa - APL de Moda, Artesanato e Manualidades

I Mostra Bragança Criativa - APL de Moda, Artesanato e Manualidades

Participe!

Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Empresários do grupo Isetan Mitsukoshi conhecem a diversidade do São José Liberto

A Casa do Artesão foi um dos locais visitados pela comitiva.
Foto: Igama/Divulgação
Hirotsugu Shibata, diretor geral do Grupo Isetan Mitsukoshi Holdings Ltd., destacou, em visita ao Espaço São José Liberto, na manhã desta quarta-feira (17), o fato de o território criativo reunir diversos setores da economia em um mesmo local. "Tem tudo, todos os produtos em um só lugar. A parte do museu, as pedras, você consegue checar tudo no mesmo lugar", frisou ele. A comitiva do grupo faz uma visita de três dias a Belém. Reconhecido mundialmente por registrar o maior faturamento nos setores de varejo, incluindo lojas de departamentos “high end” (de produtos de alta qualidade), o grupo veio ao Pará prospectar novos negócios.

Visitaram o São José Liberto Yoshiya Kubota, diretor estatutário do Grupo Isetan, e Hirotsugu Shibata, diretor geral; Angela Hirata e Kazuko Abe, representantes da Suriana Consultoria em Negócios - que também colaboraram com a tradução; Diogo Akitaya, gerente de Imagem e Acesso (Ásia e Américas) da Agência Brasileira de Exportações e Investimentos (Apex Brasil), e Neuza Yamada, representante do Grupo Y.Yamada, de Belém.

No Espaço São José Liberto eles foram recepcionados com uma apresentação do Grupo Parafolclórico “Frutos do Pará”, e acabaram contagiados pelo ritmo das danças típicas locais. O Coliseu das Artes, a Casa do Artesão, o Jardim da Liberdade, a cela memorial Cinzeiro, a Capela, a Loja Una e o Museu de Gemas do Pará fizeram parte do roteiro dos visitantes, acompanhados na visita por Patrícia Quemel, técnica do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), Carmem Macedo, gerente de Eventos, e Thiago Albuquerque, coordenador tecnológico e comercial do Igama.

A representante da Suriana, Kazuko Abe, explicou que as impressões da visita aos pontos turísticos e culturais do Estado serão levadas para o Japão, onde o grupo definirá os setores que podem receber investimentos. "Não é tudo que consegue ser aceito no mercado japonês, mas eles tiraram fotos do que foi mais interessante para poder voltar e negociar em outro momento", informou.

Segundo Thiago Albuquerque, “a visita foi muito importante para a promoção do bom trabalho que é feito pelos produtores, com joias e artesanato, e promoção do trabalho realizado pelo Igama e pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom). Já exportamos antes para o Japão, mas nada comparado ao porte do Grupo Isetan Mitsukoshi, que é o maior grupo varejista do mundo”, ressaltou o coordenador.

Leia também na Agência Pará de Notícias

Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

TV Gazeta mostrará produtos de Natal da Casa do Artesão

Gravação da matéria para a TV Gazeta na Casa do Artesão.
Foto: Igama/Divulgação
O artesanato com temática natalina comercializado na Casa do Artesão do Espaço São José Liberto (ESJL) será exibido na próxima edição do programa “Panorama Amazônico", que vai ao ar aos domingos, das 14 h às 14h30, pela TV Grão Pará (digital), canal 14 - Rede Gazeta Belém.

A equipe de reportagem do programa visitou o ESJL na tarde desta quarta-feira, 16, onde conversou com Darlene Brito, gerente comercial do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), que falou sobre a variedade do artesanato de Natal exposto para comercialização no local.
Nilton Guedes e Darlene Brito junto as peças temáticas de Natal.
Foto: Igama/Divulgação
Artesanato de Natal.
Foto: Igama/Divulgação
Arvores e móbiles de miriti, porta sabonetes de cerâmica marajoara, guirlandas de patchoulli e jupati são alguns dos produtos criados por artesãos paraenses especialmente para este período. 

O “Panorama Amazônico” tem apresentação de Nilton Guedes, presidente da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo do Estado do Pará (Abrajet-Pará), diretor regional Abrajet Nacional e membro da Agência de Notícias Gerais.

Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Artesanato do Pará é exposto na feira nacional Mãos do Brasil, em São Paulo

A secretária Maria Amélia Enríquez (c) acompanhou o ministro Guilherme Afif Domingos (d) ao espaço de exposição do artesanato paraense. Foto: Seicom/Divulgação
Réplicas de cerâmicas arqueológicas Tapajônica, Marajoara e Maracá, cerâmicas com design contemporâneo, artefatos de miriti e madeira, licores de frutas regionais e jambu, biojoias, bombons de cupuaçu e castanha, e outras tipologias artesanais estão expostos no Espaço do Pará, dentro da Feira Mãos do Brasil - Salão de Artesanato, realizada no Parque de Exposições Anhembi, em São Paulo (SP), aberta na última sexta-feira (12). Maria Amélia Enríquez, titular da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom), participou da solenidade de abertura representando o governador Simão Jatene.

O evento contou ainda com aa presençaa do ministro da Secretaria da Pequena e Micro Empresa, Guilherme Afif Domingos, do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, e de secretários estaduais de Desenvolvimento Econômico.
Maria Amélia Enríquez (c) e ministro Guilherme Afif Domingos (d) visitam outros estandes da exposição de artesanato paraense. Foto: Seicom/Divulgação
A feira ficará aberta até o próximo sábado (20), com a participação de 24 unidades da Federação, em uma mostra do melhor artesanato brasileiro. O local da exposição do artesanato paraense foi visitado pelo ministro Guilherme Afif Domingos, acompanhado pela secretária Maria Amélia Enríquez, que presenteou o ministro com um pingente em forma de muiraquitã (amuleto de sorte e proteção), e desejou sucesso na gestão da política voltada ao desenvolvimento de pequenos e micro empreendedores.

A maioria dos artesãos que expõem seus produtos na feira já comercializa no Espaço São José Liberto, vinculado à Seicom.

Com o objetivo de definir uma agenda de ações destinadas a dinamizar o Arranjo Produtivo Local (APL) de Artesanato, a secretária Maria Amélia Enríquez se reunirá, em breve, com artesãos locais.

Leia também na Agência Pará de Notícias

Fonte: Ascom/Seicom

Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Representantes do "Isetan Mitsukoshi Holdings" visitam São José Liberto

Imagem: Reprodução/Frutos do Pará - Divulgação

O Espaço São José Liberto/Polo Joalheiro do Pará receberá, na manhã desta quarta-feira, 17, a visita de representantes do Grupo Isetan Mitsukoshi Holdings Ltd. e comitiva. Oriundo do Japão, o grupo é reconhecido mundialmente por registrar o maior faturamento nos setores de varejo, lojas de departamentos e outros. Na ocasião, o Grupo Parafolclórico “Frutos do Pará” vai apresentar aos visitantes coreografias do seu vasto repertório.

O Museu de Gemas do Pará e a Casa do Artesão são alguns dos locais que o grupo vai visitar no espaço, onde conhecerá um pouco sobre a história, a gastronomia, a cultura, o artesanato e a joalheria do Pará.   

Integram o grupo de visitantes Yoshiya Kubota, diretor estatutário do Grupo Isetan Mitsukoshi Holdings; Hirotsugu Shibata, diretor geral do Isetan Mitsukoshi; Ricardo Santana, diretor geral da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil); Diogo Akitaya, gestor de Projeto da Apex Brasil; e Angela Hirata, representante da Suriana Consultoria.

Os visitantes serão recebidos por Thiago Albuquerque, coordenador tecnológico e comercial do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), Organização Social que gerencia o Espaço São José Liberto, mantido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom).   

Ascom/Seicom




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Artesanato de natal é destaque no "Sem Censura"

Artesanato de Natal do ESJL.
Foto: Eliseu Dias/Agência Pará
O programa "Sem Censura Pará" desta terça feira, 16, conversa com o coordenador técnológico e comercial do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), Thiago Albuquerque, sobre a seleção especial de artesanato temático para o Natal, realizada pela Casa do Artesão do Espaço São José Liberto (ESJL).


As peças são feitas com matéria prima regional e garantem uma decoração diferenciada para quem quer enfeitar a casa ou presentear com uma lembrança diferente e carregada da cultura do norte do país.


O programa vai ao ar a partir das 13h30 pela TV e Portal Cultura.

Para assistir, ao vivo, pela internet, basta clicar AQUI.

Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Designer Brenda Lopes participa de sessão de fotos no ESJL

Brenda Lopes com a jornalista Ana Paula Puga e o repórter fotográfico Sidney Olivera.
Foto: Igama/Divulgação
A designer Brenda Lopes, integrante do Programa Polo Joalheiro do Pará, participou de sessão de fotos, na tarde desta segunda-feira, 15, com a equipe da Agência Pará de Notícias no Espaço São José Liberto (ESJL). A designer ficou entre os classificados do concurso AuDITIONS Brasil 2014/2015.
Brenda Lopes durante sessão de fotos no Jardim da Liberdade do ESJL.
Foto: Igama/Divulgação

Nas fotos com Brenda Lopes, a jornalista Ana Paula Puga e o repórter fotográfico Sidney Olivera.

Leia também: Designer do Polo Joalheiro é classificada para o concurso AuDITIONS Brasil

Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Sem Censura Pará entrevista Paulo Tavares

Pesquisador e ourives Paulo Tavares.
Foto: Carlos Sodré/Agência Pará
O Sem Censura Pará desta segunda-feira, 15, conversa com o pesquisador e ourives Paulo Tavares, do Programa Polo Joalheiro do Pará, que assina a coordenação técnica da exposição “Metal-Morfose: A Transformação da Matéria”, aberta até o dia 31 de dezembro no Espaço São José Liberto.

As joias em ouro e prata da mostra foram criadas a partir do aproveitamento de resíduos da reciclagem do metal nobre. Paulo Tavares vai dar detalhes sobre a técnica inovadora de ourivesaria que criou para gerar novas cores, por meio da “incrustação paraense”, outra inovação do Polo Joalheiro do Pará. Criador das “gemas vegetais”, a base do trabalho de Paulo Tavares é a sustentabilidade e o respeito ao meio ambiente.

O programa vai ao ar a partir das 13h30 pela TV e Portal Cultura.

Para assistir, ao vivo, pela internet, basta clicar AQUI

Não perca!

[Atualização - 17:42h]
Foto: Portal Cultura/Reprodução
Leia no Portal CulturaInclusão social foi destaque do Sem Censura

Ascom/Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.
Postagens Antigas
Inicio
Contador acessso