Matéria da TV Cultura destaca Epama 2016

video

Confira matéria da TV Cultura - Rede Cultura de Comunicação (canal 2), veiculada na última quarta-feira, 25, sobre a programação do 22° Encontro Paraense de Moda e Artesanato (Epama). O evento aconteceu na noite de terça, 24, no Coliseu das Artes do Espaço São José Liberto (ESJL) – Polo Joalheiro do Pará. 

Com o tema "De Mãos Dadas", o encontro apontou, de forma inovadora, novos caminhos para a moda inclusiva. Com coordenação geral de Felícia Assmar Maria e Milena Castro, a programação contou com desfiles, mesa de debates e apresentação de projetos. 

A realização do 22º Epama foi do Curso de Design de Moda da Faculdade Estácio/FAP e da Costamazônia, com apoio do Igama/ESJL e Oncológica.

Ascom Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Missa omunitária na Capela São José

O cristo suspenso da Capela São José. Foto: Ascom Igama
Será realizada nesta sexta, 27, às 18h, mais uma missa comunitária na Capela São José, do Espaço São José Liberto. O padre celebrante é Adailson Oliveira, pároco da Igreja de Nossa Senhora da Conceição. 

As tradicionais cerimônias acontecem sempre na última sexta-feira do mês. A Capela São José é subordinada à Paróquia de Nossa Senhora da Conceição.

Ascom Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Workshop de criação de joias gera coleção Círio de Nazaré 2016 do Polo Joalheiro do Pará

Exposição "Joias de Nazaré 2015". Foto: Carlos Sodré - Agência Pará

O Workshop de Geração de Produtos - Coleção “Joias de Nazaré 2016”, previsto para acontecer de 30 de maio a 3 de junho, foi reagendado para o período de 1º a 3 de junho, das 14h às 18h, no auditório do Espaço São José Liberto (ESJL) – Polo Joalheiro do Pará (Praça Amazonas, s/n, Jurunas. Nos dias 5 e 6 de julho serão realizados os atendimentos individuais, com hora marcada.

O público alvo do curso são designers, estudantes, profissionais e microempresários do Programa Polo Joalheiro do Pará, em uma promoção das Secretarias de Estado de Desenvolvimento, Mineração e Energia (Sedeme) e de Cultura (Secult), e do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama) - OS que gerencia o ESJL e o Polo Joalheiro, mantidos pelo Governo do Estado, por meio da Sedeme, e pelo Igama.

A consultoria é de Rosângela Gouvêa Pinto, designer de joias e professora da Universidade do Estado do Pará (Uepa). O workshop busca a promoção do desenvolvimento e gestão do ciclo do design: criação, produção e comercialização de joias religiosas.

O resultado da ação será a criação de uma coleção de joias inspiradas no Círio de Nazaré e concebida por designers e microempresários do Programa Polo Joalheiro do Pará. As joias temáticas ficarão expostas para comercialização durante o mês de outubro, na exposição “Joias de Nazaré 2016”.

Mais informações no Núcleo de Desenvolvimento Tecnológico e Organizacional (NDTO) do Igama, pelos telefones (91) 3344-3518 e (91) 3344-3557.

Ascom Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

São José Liberto abrirá no feriado de Corpus Christi

Fachada do Espaço São José Liberto. Foto: Eliseu Dias - AG. PARÁ

O Espaço São José Liberto (ESJL)/Polo Joalheiro do Pará - situado na Praça Amazonas, s/n, Jurunas - abrirá ao público na próxima quinta, 26, feriado de Corpus Christi, no horário de 10h às 18h.


O local abriga a Capela São José, o Museu de Gemas, o Jardim da Liberdade, a Cela Memorial, as lojas de joias, a Casa do Artesão e o Coliseu das Artes. O funcionamento é de terça a sábado das 9h às 18h30 e domingos e feriados das 10h às 18h.

Ascom Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

São José Liberto recebe 22ª edição do Epama


Nesta terça, 24, a partir das 19h, o Espaço São José Liberto (ESJL) – Polo Joalheiro do Pará será receberá a 22° edição do Encontro Paraense de Moda e Artesanato (Epama), que este ano tem como tema "De Mãos Dadas" e apontará, de forma inovadora, novos caminhos para a moda inclusiva. A coordenação geral é de Felícia Assmar Maria e Milena Caatro.

Da programação do encontro constam desfiles, mesa de debates e apresentação de projetos. Edilberto Maia, médico psiquiatra e psicanalista; Lilian Costa, pesquisadora de Ergonomia na Moda; e Patrícia Citero Peixoto, presidente da ONG Amigas do Peito, participam do debate sobre “moda e corpo”, que abrirá o encontro. Na sequência, as alunas de pós-graduação em Gestão do Produto de Moda da Estácio FAP apresentarão o projeto “Moda Inclusiva” e, em seguida, um desfile com integrantes da “Amigas do Peito” encerrará a noite. 

A realização do 22º Epama é do Curso de Design de Moda da Faculdade Estácio/FAP e da Associação de Costureiras e Artesãs da Amazônia (Costamazônia), com apoio do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama)/ESJL e Oncológica. O Espaço São José Liberto fica na Praça Amazonas, s/n, Jurunas.


Ascom Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Sam Band é atração musical no Espaço São José Liberto nesta quinta, 19

Músicos da Sam Band Pará. Foto: EMUFPA Divulgação


A atração musical desta quinta-feira, 19, às 18h, no anfiteatro Coliseu das Artes do Espaço São José Liberto (ESJL) é a Sam Band, um dos grupos instrumentais da Escola de Música da Universidade Federal do Pará (EMUFPA). A apresentação integra projeto musical que promoverá, ao longo deste ano, sempre na última quinta-feira de cada mês, na Capela e no anfiteatro do Coliseu das Artes do espaço, recitais de canto lírico, canto gregoriano, big band e orquestras da EMUFPA, em um exercício de promoção da pesquisa, aprendizagem musical e integração social da arte com o público.

Os eventos resultam de parceria entre a Escola de Música da UFPA e o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), organização social que gerencia o espaço, mantido pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) e do Igama.

A Sam Band Pará foi criada em 2003 pelo Núcleo de Sopro da EMUFPA. De acordo com o regente titular da banda, Elienay Gomes Carvalho, a Sam Band atua, desde a sua criação, na perspectiva de ofertar oportunidade de prática instrumental aos alunos, trabalhando vários estilos musicais e, principalmente, a Música Popular Brasileira (MPB) dentro de uma concepção didática. 

Na opinião de Rosa Helena Neves, diretora executiva do Igama e do ESJL, a iniciativa divulga o conhecimento em artes e a produção cultural e artística promovida pela Universidade Federal do Pará por meio da Escola de Música da UFPA. “É importante abrir espaço para divulgar o que as instituições de ensino estão realizando para formação e inserção de novos músicos no mercado”, indica.

Sam Band Pará

A Sam Band já se apresentou com músicos renomados, dentre os quais o pianista e compositor Jeff Gardner (EUA), o compositor Carles Margarit (Espanha), o Maestro Remigio Pereira (Paraguai) e o trompetista Moisés Alves (Brasil). Atualmente, é constituída por alunos do Curso Técnico de Instrumentistas de Big Band da EMUFPA. Tem se apresentado em vários espaços artísticos de Belém, como o Teatro da Paz, Associação Nipo Brasileira, Fundação Cultural do Pará, UFPA, Centro de Convenções da Amazônia e Praça da República.

Eventos importantes estão no currículo da banda, como o Encontro de Arte de Belém (Enarte) e a programação comemorativa aos 50 anos da UFPA. Recentemente, a Sam Band participou do 2° Fórum Mundial de Educação Tecnológica com o espetáculo “Pará in Concert”, na cidade de Florianópolis, Santa Catarina.

O regente titular da banda, Elienay Gomes Carvalho, é paraense e iniciou seus estudos musicais com seu pai, Misael Carvalho, passando posteriormente, a estudar com o professor Raimundo Balieiro. Estudou na Escola de Música da UFPA e participou como regente auxiliar da Banda Jovem da escola. Também integrou da Banda de Música da Policia Militar do Pará, a Banda de Música do Exército Brasileiro, a Banda Jovem do Conservatório Carlos Gomes e a Amazônia Jazz Band. Bacharel em Trombone pela Universidade do Estado do Pará (UEPA), 

Elienay Carvalho é especialista em Fundamentos de Musicoterapia pelo Instituto Brasileiro de Pós Graduação e Extensão (IBPEX) pela na Faculdade Internacional de Curitiba (Fancinter) e em Fundamentos da Criação em Música pela UFPA. É também mestre em Música pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e, atualmente, trabalha como professor efetivo da classe de Trombone da EMUFPA e como regente titular da Sam Band Pará.

Serviço: Apresentação da Sam Band Pará, da EMUFPA, nesta quinta-feira, 19h, às 18h, no anfiteatro do Coliseu das Artes do São José do ESJL. Mais informações pelo fone (91) 3344-3517 (Carmem Macedo – gerente de Eventos do Igama).




Por Luciane Fiuza

Ascom Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Exposição itinerante "Se Prepara Brasil" chega a Belém do Pará

Veja mais fotos em nosso álbum

João Nóbrega Júnior, Rosa Helena Neves e Adenauer Góes. 
Foto: Ascom Igama

Instalado ao lado do Espaço São José Liberto (Praça Amazonas, s/n, Jurunas), terça (16) e quarta (17), das 11h às 20h, o Museu Itinerante "Se Prepara Brasil" conta um pouco da história das Olimpíadas pelo mundo, através de fotos, vídeos, símbolos e momentos marcantes do maior evento esportivo do planeta, que na edição de 2016 acontecerá no Rio de Janeiro. Com entrada franca a realização da iniciativa é do Ministério da Cultura (MinC) e do Bradesco Seguro.

Prestigiaram o evento, na tarde desta terça, Rosa Helena Neves, diretora executiva do São José Liberto e do Igama e Adenáuer Góes, secretário de Estado de Turismo, acompanhados por João Nóbrega Júnior, representante Norte e Nordeste do Bradesco Seguro e outros diretores do banco.

A exposição gratuita mostra a trajetória do esporte até a próxima sede das Olímpiadas, o Rio de Janeiro. A mostra sobre rodas levará o espírito olímpico às cinco regiões do Brasil. Duas carretas percorrerão 45 cidades em um trajeto de cerca de 30 mil quilômetros. O acervo reúne cerca de 100 peças cedidas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), Comitê Olímpico do Brasil (COB) e Comitê dos Jogos Rio 2016.


A mostra está instalada ao lado do Espaço São José Liberto. 
Foto: Ascom Igama
Exposição gratuita sobre rodas levará o espírito olímpico às cinco regiões do Brasil. Duas carretas percorrerão 45 cidades em um trajeto de cerca de 30 mil quilômetros. Peças cedidas pelo COI, COB e Comitê dos Jogos Rio 2016 fazem parte do acervo.

Uma verdadeira volta olímpica pelo Brasil. Com o objetivo de levar o espírito olímpico às cinco regiões do país e preparar a população para o maior evento esportivo mundial, o Grupo Bradesco Seguros, patrocinador e segurador oficial dos Jogos Rio 2016, promove o Museu Itinerante Se Prepara Brasil -- O Caminho do Esporte até o Rio de Janeiro. Entre 30 de abril e 31 de julho, duas carretas passarão por 45 cidades em todo o território nacional para apresentar uma exposição gratuita sobre rodas, com mais de 100 peças do acervo do Comitê Olímpico Internacional (COI), do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e do Comitê dos Jogos Rio 2016, além de coleções particulares. Juntos , os veículos percorrerão cerca de 30 mil quilômetros em dois roteiros distintos, partindo de Vitória (ES) e Goiânia (GO), em 30 de abril. Os trajetos se encontrarão em agosto, no Rio de Janeiro, onde o Museu Itinerante Se Prepara Brasil ficará exposto durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 nos Bulevares Olímpicos Parque Madureira e Porto Maravilha.

"O Museu Itinerante Se Prepara Brasil levará um pouco dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos para quem não puder assistir ao maior evento esportivo mundial no Rio de Janeiro e ainda deixará um legado de conhecimento olímpico que poderá estimular novos talentos para o futuro do esporte no país", declara Alexandre Nogueira, Diretor do Grupo Bradesco Seguros. "Apoiamos os ideais dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos e nos orgulhamos de nosso papel de poder colaborar para que os Jogos Rio 2016 se tornem uma experiência memorável para todo o Brasil", completa o executivo.

Dividido em cinco seções - "História", "Esportes", "História Brasileira", "Curiosidades" e "Rio 2016" - o Museu Itinerante Se Prepara Brasil apresenta peças que retratam todas as edições dos Jogos Olímpicos da Era Moderna. Dentre os objetos, destacam-se as réplicas das medalhas de prata e bronze dos Jogos Olímpicos de Atenas, em 1896, e da carta do Barão de Coubertin, criador dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, na qual, em 1913, aparece pela primeira vez a imagem dos aros olímpicos; Tochas Olímpicas, pictogramas e medalhas de diversas edições; além de imagens de atletas brasileiros e internacionais, entre elas a equipe de tiro do Brasil nos Jogos da Antuérpia, em 1920, primeira vez que o país disputou o evento esp ortivo. Há também vídeos temáticos e totens interativos.

De acordo com Maria Eugênia Saturni, Diretora da Base7 - empresa responsável pela curadoria do Museu Itinerante Se Prepara Brasil - um dos pontos mais interessantes do projeto, e que o torna inovador, é o fato de o Museu ir até o público.

"O objetivo é propiciar um ambiente em que o público entenda o significado dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos e possa ter acesso a um acervo histórico bastante rico e instigante. Cada peça da exposição traz uma memória. Por meio delas é possível apreender o desenvolvimento tecnológico, as conquistas sociais, momentos históricos e manifestações culturais das mais diversas. Tudo isso tem como fio condutor o esporte e a emoção que ele desperta nas pessoas", destaca Maria Eugênia.

Os atletas-embaixadores Bradesco Seguros Giba e Leila, medalhistas olímpicos, estarão presentes em algumas cidades para interagir com o público, assim como as mascotes dos Jogos Rio 2016, Vinicius e Tom, e do Time Brasil, Ginga.

O Museu Itinerante Se Prepara Brasil tem patrocínio do Grupo Bradesco Seguros e do Ministério da Cultura.A iniciativa tem a concepção do Grupo de Ativações e Experiências Live (Gael) e curadoria da Base7 Projetos Culturais.
Tocha olímpica. 
Foto: Ascom Igama
Confira o trajeto do Museu Itinerante "Se prepara Brasil"

Carreta 1:

Roteiro 1: Vitória (ES), Porto Seguro (BA), Itabuna (BA), Salvador (BA), Feira de Santana (BA), Aracaju (SE), Maceió (AL), Recife (PE), João Pessoa (PB), Natal (RN), Fortaleza (CE) e Teresina (PI).

Roteiro 2: Campo Grande (MS), Londrina (PR), Cascavel (PR), Santa Maria (RS), Caxias do Sul (RS), Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Joinville (SC), Curitiba (PR), Barueri (SP), Sorocaba (SP), Santos (SP), São José dos Campos (SP)e Rio de Janeiro (RJ).

Carreta 2:

Roteiro 1: Goiânia (GO), Brasília (DF), Palmas (TO), São Luís (MA), Belém (PA), Cuiabá (MT), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC) e São Paulo (SP).

Roteiro 2: Osasco (SP), Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), Franca (SP), São José do Rio Preto (SP), Uberlândia (MG), Montes Claros (MG), Governador Valadares (MG), Belo Horizonte (MG), Juiz de Fora (MG) e Rio de Janeiro (RJ).

Foto: Ascom Igama

Grupo Bradesco Seguros

A forte ligação do Grupo Bradesco Seguros - patrocinador e segurador oficial dos Jogos Rio 2016 - com o movimento olímpico começou quando a Organização Bradesco abraçou a candidatura da cidade do Rio de Janeiro como sede do evento, em 2009. No ano seguinte, o Banco Bradesco e o Grupo Bradesco Seguros tornaram-se os primeiros patrocinadores oficiais dos Jogos Rio 2016, nas categorias "Serviços Financeiros" e "Seguros", respectivamente, disponibilizando produtos e serviços ao Comitê Olímpico do Brasil (COB) e à Equipe Olímpica.

O patrocínio do Grupo Bradesco Seguros aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, assim como sua condição de segurador oficial do evento, vai ao encontro de sua estratégia de atuação de difundir para a população a importância da prática esportiva e da adoção de hábitos saudáveis como pilares para a conquista da longevidade, com saúde, qualidade de vida e bem-estar.

Baseado nessa estratégia, presente em seu DNA, o Grupo Segurador realiza uma série de iniciativas voltadas à divulgação do tema. Dentre elas, destaca-se o Circuito da Longevidade, conjunto de provas de corrida (6 km) e caminhadas (3 km) que, desde a primeira edição, em 2007, reuniram mais de 350 mil pessoas em 19 cidades do Brasil. Este ano, em que completa sua décima temporada consecutiva, o Circuito promoverá 14 etapas em sete estados.

Com relação especificamente às ações voltadas aos Jogos Rio 2016, o Grupo Bradesco Seguros lançou, em janeiro, a promoção "Vai Brasil Vai Você", cujo principal objetivo é intensificar o sentimento de identificação com a marca e conquistar novos segurados.

Trata-se de sorteio de 50 pacotes de experiência para os Jogos Olímpicos direcionados aos clientes, com direito a acompanhante, além de prêmios no valor de R$ 15 mil toda vez que o Brasil subir ao pódio nas competições. Até o momento, já foram contemplados segurados de Amapá, Ceará, Distrito Federal, Minas Gerais, Pará, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Outra ação de destaque para marcar o posicionamento do Grupo como segurador oficial dos Jogos Rio 2016 é a campanha publicitária que destaca a importância da preparação para o sucesso nos esportes e para enfrentar os imprevistos da vida. Criados pela agência AlmapBBDO, os três comerciais da série já foram assistidos por quase 30 milhões de internautas no Facebook e no Youtube.

Os canais digitais também estão no clima olímpico com a fanpage "Bradesco Seguros - Rumo aos Jogos Rio 2016", que em pouco mais de um ano registra mais de 2,6 milhões de interações do público, entre compartilhamentos, comentários e curtidas no Facebook, e mais de 500 mil seguidores. O Grupo Bradesco Seguros disponibilizou em seu site uma ferramenta de contagem regressiva para os Jogos.

Com informações do Bradesco Seguros

Ascom Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Estudantes de Castanhal e Belém conhecem a história e programas do São José Liberto


                            Veja mais fotos em nosso álbum

 Estudantes de Castanhal no Jardim da Liberdade do ESJL
         Foto: Ascom Igama

Referência em patrimônio histórico, turismo, artesanato e joalheria, o Espaço São José Liberto (ESJL), onde funciona o Polo Joalheiro do Pará, promove educação patrimonial e visitas monitoradas para alunos de escolas públicas municipais, estaduais, federais e particulares, centros de ensino superior público e privado, organizações não governamentais (ONGs) e projetos sociais.

Na última terça-feira (10) o espaço foi visitado por estudantes do Instituto Educacional Betel, de Castanhal, município da Região Metropolitana de Belém (RMB), e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), acompanhados por professores das instituições. No ESJL, os grupos foram recebidos por Felipe Santa Brígida, monitor do Museu de Gemas do Pará.

A visita monitorada oferecida a escolas públicas e privadas é uma oportunidade para que os estudantes conheçam o funcionamento e a história do espaço, e seus equipamentos turísticos e comerciais: a Casa do Artesão, o Museu de Gemas do Pará, o Memorial da Cela Cinzeiro, o Jardim da Liberdade, a Capela de São José, o anfiteatro Coliseu das Artes, o espaço gourmet, oito lojas de joias (dentre elas uma incubadora e uma especializada em joias antigas) duas ilhas com serviços especializados em ourivesaria e comercialização de gemas, a Escola de Ourivesaria, auditório e mezanino.

O Museu de Gemas do Pará reúne um dos mais representativos acervos arqueológicos e gemológicos do país, com cerca de 4 mil peças, entre ametistas, esmeraldas e granadas provenientes de várias regiões do Pará, de alguns Estados brasileiros e de países latino-americanos. Na Casa do Artesão – que reúne tipologias de artesanato de todas as regiões do Estado -, os estudantes viram de perto o trabalho de empreendedores criativos em peças comercializadas no local.

No grupo de Castanhal, coordenado pela professora Maria do Céu, havia 45 estudantes do Ensino Fundamental, na faixa etária de 7 a 12 anos, além de seis professores. Os 32 alunos do IFPA estavam sob a coordenação da professora Shirley Tozi. 

         Estudantes do IFPA no Coliseu das Artes do ESJL
         Foto: Ascom Igama

Economia criativa 

Os estudantes também conheceram um pouco da história do prédio, erguido há mais de 250 anos e que já foi palco de muitos momentos marcantes na história de Belém. Por muito tempo, o local funcionou como convento, também abrigou a cadeia pública e presídio, além de olaria, quartel, depósito de pólvora e hospital. 

Com a denominação de Espaço São José Liberto, o prédio foi inaugurado em outubro de 2002, e desde então abriga também o Programa Polo Joalheiro do Pará, criado em 1988, que hoje abrange a RMB e o município de Abaetetuba, reunindo ourives, lapidários, empresas formais e designers ligados ao setor da joalheria, além de empreendedores de moda e artesanato.

A gestão do programa e do ESJL é compartilhada pelos setores público e privado, e conta com a participação dos setores produtivos de joias, gemas, artesanato, manualidades e moda. O Programa Polo Joalheiro do Pará é mantido pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), e pelo Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama) – Organização Social (OS), responsável pela gestão do programa e do espaço.

Serviço

As visitas monitoradas ao Espaço São José Liberto ocorrem de terça-feira a sábado, das 09 às 18h30, mesmo horário de funcionamento do local, que também abre ao público aos domingos, das 10 às 18 h. A visitação ao Museu de Gemas do Pará custa R$ 6,00, com direito à meia-entrada para estudante, gratuidade para idosos e crianças até 7 anos. Nas terças-feiras a visitação ao museu é gratuita. O Espaço São José Liberto fica localizado na Praça Amazonas, no bairro do Jurunas. As visitas monitoradas de instituições de ensino podem ser marcadas pelo fone (91) 3344-3537 ou pelo e-mail eventos.igama@gmail.com

Por Luciane Fiuza

Leia na Agência Pará de Notícias

Ascom Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Polo Joalheiro promove Workshop “Joias de Nazaré 2016”

A consultoria do workshop é de Rosângela Gouvêa Pinto, designer e professora da Uepa. Foto: Ascom Igama

O Workshop de Geração de Produtos - Coleção “Joias de Nazaré 2016”, previsto para a segunda quinzena de maio, ocorrerá no período de 30 de maio a 3 de junho, das 14h às 18h, no auditório do Espaço São José Liberto (ESJL) – Polo Joalheiro do Pará. 

O curso é voltado para designers, estudantes, profissionais e microempresários do Programa Polo Joalheiro do Pará, em uma promoção das Secretarias de Estado de Desenvolvimento, Mineração e Energia (Sedeme) e de Cultura (Secult), e do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama) - OS que gerencia o ESJL e o Polo Joalheiro, mantidos pelo Governo do Estado, por meio da Sedeme, e pelo Igama.

Com consultoria de Rosângela Gouvêa Pinto, designer de joias e professora da Universidade do Estado do Pará (Uepa), a finalidade do workshop é promover o desenvolvimento e gestão do ciclo do design, desde a criação, produção e comercialização de joias religiosas. Será criada, por designers e microempresários do Programa Polo Joalheiro do Pará, uma coleção de joias sob a temática do Círio de Nazaré. 

A ação resultará no lançamento, em outubro, da edição de 2016 da coleção “Joias de Nazaré”, tradicional exposição do Espaço São José Liberto em homenagem à padroeira dos paraenses. 

Ascom Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Representantes do Convention & Visitors Bureau visitam o Espaço São José Liberto


Veja mais fotos em nosso álbum


No Jardim da Liberdade do ESJL, Carmem Macedo, Fabíola Ramos, Toni Sando e Cesar Coimbra.
Foto: Ascom Igama 

Na tarde desta terça-feira, 10, o Espaço São José Liberto (ESJL) foi visitado por Toni Sando, presidente executivo do São Paulo Convention & Visitors Bureau, acompanhado por Cesar Coimbra, diretor executivo do Belém Convention Bureau, e Fabíola Ramos, gerente de Turismo de Negócios, Eventos e Incentivos da Secretaria de Estado de Turismo (Setur). No local, Toni Sando foi recebido por Carmem Macedo e Thiago Albuquerque, respectivamente gerente de eventos e coordenador comercial e tecnológico do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), com monitoramento de Thiago Felipe Santa Brígida.

A visitação foi uma iniciativa da Setur, com o apoio do Igama, que gerencia o ESJL e o Programa Polo Joalheiro do Pará, mantidos pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) e do Igama.

O grupo visitou a Capela São José, o Museu de Gemas do Pará, a cela memorial (cinzeiro), o Jardim da Liberdade, a Loja Uma (incubadora), o Coliseu das Artes e a Casa do Artesão do Espaço São José Liberto, referência nacional em economia criativa.

Após a visitação, Toni Sando se disse impressionado com o espaço. “Tem muita coisa bacana. Esse trabalho artesanal das belezas naturais só tem aqui. É um grande potencial para que o turista, tanto de lazer, quanto de negócios, aproveite a estada dele para descobrir essa arte natural. Fiquei impressionado e gostaria de ficar mais tempo para apreciar mais”.

Na Loja Una do ESJL, Toni Sando e Carmem Macedo.
Foto: Ascom Igama  
“O Convention, geralmente, traz aqui as nossas visitas. São presidentes e diretores de entidades nacionais e internacionais. Um dos espaços preferidos é o São José Liberto. Sempre trazemos essas pessoas aqui e elas se apaixonam por tudo o que veem”, comentou Cesar Coimbra, destacando que, além do artesanato comercializado no local, as joias chamam a atenção e surpreendem quem visita o espaço.

Em Belém, Toni Sando participou, na manhã desta terça-feira, 10, no Hotel Princesa Louçã, de encontro promovido pela OS Pará 2000, Belém Convention & Visitors Bureau e Setur, representando o Governo do Pará. Na ocasião, de acordo com Fabíola Ramos, o presidente falou sobre a importância da atuação de um Convention & Visitors Bureau para o desenvolvimento de uma cidade ou região.

Toni Sando é graduado em Administração de Empresas pela Universidade São Judas Tadeu (USJT), cursou pós-graduação em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), e tem MBA em gestão empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Em sua atuação profissional, Toni Sado destaca-se nas áreas de operações, marketing, produtos e negócios no mercado financeiro (bancos Noroeste, Nacional e Unibanco). Durante sete anos dedicou-se à área de marketing da Accor Hotels na América do Sul.

Ver-o-Pará

A visitação de agentes e representantes do trade turístico nacional e internacional aos locais históricos e turísticos da capital paraense faz parte das ações do Plano “Ver-o-Pará”, coordenado pela Setur com o objetivo de tornar o Estado a “obra-prima da Amazônia”, o destino líder em turismo na região.

O planejamento estratégico do plano é o mais completo e abrangente do setor turístico no Estado e instrumento fundamental no conjunto das ações que se destinam a elevar a qualidade de vida e reduzir as desigualdades entre o povo paraense. O “Ver-o-Pará” busca estimular a vocação natural do Estado de fazer da sua história, da sua cultura e do seu meio ambiente importantes insumos para o desenvolvimento econômico e social, baseado na sustentabilidade.

           Na Casa do Artesão do ESJL, Cesar Coimbra., Carmem Macedo e Toni Sando. 
          Foto: Ascom Igama 

O São Paulo Convention & Visitors Bureau é uma entidade sem fins lucrativos que busca ampliar o volume de negócios e o mercado de consumo na cidade, por meio da atividade turística, apoiando a melhoria dos serviços e atendimento aos visitantes. O primeiro Convention & Visitors Bureau da América do Sul congrega mais de 700 associados que representam diversos segmentos do setor turístico paulistano e dos destinos associados.

Por Luciane Fiuza - Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.
Postagens Antigas
Inicio
Contador acessso