Lançamento da nova Coleção de Produtos de Moda 2018/2019 e reinauguração do espaço comercial movimentam ESJL

Empreendedores que fazem parte da nova Coleção de Produtos de Moda 2018/2019
(Fotografia: Renata Cunha/ ASCOM IGAMA)
A noite da última quinta-feira, 06, reuniu autoridades, designers, empreendedores criativos e público em geral para o lançamento da nova Coleção de Produtos de Moda 2018/2019 e reinauguração do espaço comercial do Espaço São José Liberto. Na ocasião, também foi exibido um fashion-film com direção artística de André Lima para apresentar as peças da nova coleção.

Rosa Helena Neves, Diretora Executiva do Espaço São José Liberto
(Fotografia: Renata Cunha/ ASCOM IGAMA)
Rosa Helena Neves, diretora executiva do Espaço São José Liberto, deu boas-vindas aos convidados e anunciou a entrega do novo espaço comercial e o lançamento da nova coleção de produtos de moda 2018/2019 com direção criativa do estilista paraense André Lima. Rosa Helena também agradeceu as presenças de Hildegardo Nunes, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), e Paulo Chaves, titular da Secretaria de Estado de Cultura (Secult).


Hildegardo Nunes, titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia
(Fotografia: Renata Cunha/ ASCOM IGAMA)
Hildegardo Nunes, da Sedeme, parabenizou “o coletivo criativo que integra o nosso Arranjo Produtivo Local de Moda e Design, coordenado pela Sedeme, e o talento de cada um. Naturalmente, esse trabalho teve a participação essencial desse grande artista, o André Lima e a criação aqui foi capaz de extrair das nossas entranhas o que temos de mais rico, não só em termos de materiais, mas em termos de talentos dos nossos artistas”.

André Lima, diretor criativo da nova Coleção de Produtos de Moda 2018/ 2019
(Fotografia: Renata Cunha/ ASCOM IGAMA)

“Gratidão aos criadores que se dispuseram a abriram os seus corações. Quem cria naturalmente tem uma essência que não é fácil se despir, muitas vezes dessa essencia, para reencontrar caminhos e encontrar mecanismos cada vez mais” foram as palavras de Izabela Jatene, da Secretaria de Municípios Sustentáveis. André Lima declarou estar muito “feliz e emocionado” com o lançamento da coleção e do fashion-film apresentado ao público.

Em vez de desfile, a coleção foi apresentada por meio de um fashion-film, que de forma artística apresenta modelos que usaram as peças das 22 marcas autorais envolvidas na nova produção que já está à venda no Espaço São José Liberto. A ação é uma forma de dar visibilidade a produção de uma moda autoral, com o objetivo promover o fortalecimento da imagem dos produtos da moda paraense que integram o Arranjo Produtivo Local de Moda, Design e Indústria do Vestuário, visando o crescimento do volume de vendas e a promoção comercial dos produtos do ESJL.

O movimento desse coletivo e sua ampliação comercial tem gerado renda e oportunidade para outros profissionais criativos, sem que cada um perca a sua individualidade, como ourives, costureiras, mestres artesãos de ofícios, lapidários, bolseiros, estilistas e uma rede de fornecedores de insumos, criando e produzindo juntos uma dinâmica na economia local, como a produção do vestuário das peças de três marcas envolvidas na coleção pelo ateliê da estilista Kathia Novellino.

Público conhece novo espaço comercial do Espaço São José Liberto
(Fotografia: Renata Cunha/ ASCOM IGAMA)
Para Brenda Lopes, designer, “o resultado final foi gratificante e toda a coleção estava bonita e cheia de peças ricas, tanto na escolha de material dos seus produtos quanto na forma”. Brenda também elogia o novo espaço comercial: “O Espaço Moda e a Casa do Artesão estão com uma proposta diferenciada”. 

“Participar desse projeto foi bem interessante, um percurso longo, cheio de percalços, de idas e vindas, mas que chegou a um resultado incrível e que me deixou muito feliz", comenta Renata Gonçalves, da marca TuCrias, que produziu uma das coleções de roupas. "O maior desafio foi me permitir participar de um processo de criação coletiva, onde a liberdade de criação precisava estar alinhada com tantas outras criações, de outros tantos criadores”, completa a designer.

“Foram sete meses de trabalho árduo e muito aprendizado, o que eu aprendi foi o olhar mais apurado sobre pesquisa e os materiais", resumiu Luti Cavalcante, proprietária da marca Luti Bolsas. A empreendedora comenta que "aprendi a pesquisar bastante, realizar um produto mais inovador, aprendi a valorizar mais o meu produto e todo o processo envolvido, o resultado foi um visual bastante marcante com o couro, as cores e as texturas", comenta Luti sobre o resultado da coleção.

Também prestigiaram o evento os representantes das instituições públicas, privadas e do terceiro setor, Telma Guerreiro, da Casa Civil, Fátima Gonçalves, da Secretaria de Turismo, Sérgio Menezes, Diretor de Desenvolvimento do Comércio, Indústria e Serviços da Sedeme, Dyjane Amaral, Secretaria Adjunta da Sedeme, Marily Germano, Diretoria de Concessões da Sedeme, Bárbara Lambertucci, Programa Pará 2030, Celeste Franco, da Associação Comercial do Pará, Darley Quintas, da Cia de Artes e Produções, Maurício Quintairos, da Cia Tribos Ballet Teatro, Renata Siqueira, proprietária da Renata Tecidos, Adelaide Oliveira, Fundação Paraense de Radiodifusão (Funtelpa), Eduardo Klautau, da Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém, as estilistas Kathia Novellino e Dilú Fiúza de Melo e Manoel Neto, cofundador e diretor executivo do BDZ (Belém Design Zones).

A nova Coleção de Produtos de Moda 2018/2019, com a direção criativa do estilista André Lima, tem a participação das marcas Amazônia e Cia, Ana Ervedosa Biojoias da Amazônia, Bazzola Couros e Estilo, Beta Freitas MetalDesign, Bianca Camino, BL Joias e Acesórios, Camilla Amaral, Celeste Heitmann, DaNatureza, HB Design, Ivam Pereira, Ivete Negrão, José Leuan, Lilia Lima, Ludmila Heringer, Luti Bolsas, Madame Floresta, Michele Eguchi, Mariana Bibas, Rosa Castro, TuCrias, Viviane Gonçalves.

O lançamento da Coleção de Produtos de Moda 2018/2019 compreende 273 produtos inéditos e é uma realização do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA), organização social que gerencia o Espaço São José Liberto, e tem o apoio da Rede Cultura de Comunicação, Renata Tecidos, DiCasa e BDZ.




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Horário de funcionamento em outubro

Com o objetivo de atender o alto fluxo de turistas que estarão na cidade de Belém no período da Festa do Círio de Nazaré 2018, bem como, em atenção ao cumprimento do calendário das eleições no Brasil, o Espaço São José Liberto funcionará com horários e dias da semana especiais. 
Durante o mês de outubro, o Espaço São José Liberto está com as exposições “Joias de Nazaré 2018 – Devoção à Maria”, no Salão de Exposições, e “A jovem Maria no reino do céu”, de artesanato religioso, na Capela São José, abertas ao público até o dia 27/10, com entrada franca. Em novembro, será retomado o horário de funcionamento em vigor: de 3º a sábado, de 9h às 18h, domingos, de 10h às 16h.





Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Horário de funcionamento do Espaço São José Liberto em 07 de setembro


O Espaço São José Liberto não abrirá ao público no feriado da Independência do Brasil, 07 de setembro. O local funciona normalmente de terça à sábado, de 9h às 18h, e domingos, de 10h às 16h. 

No local, funcionam a Casa do Artesão, o Jardim da Liberdade, o Memorial Cela Cinzeiro, a Capela, o Museu de Gemas do Pará e as lojas de joia, moda e artesanato. O Espaço é mantido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), sendo gerenciado pela organização social Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama).


Ascom/IGAMA




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Programação do Espaço São José Liberto




Na próxima sexta-feira, 24, a Capela São José do Espaço São José Liberto (ESJL) recebe missa comunitária aberta ao público. A celebração acontece é uma realização da Paróquia N.Sª da Conceição.

Na próxima quinta-feira, 30, a Capela São José recebe programação musical com o concerto “Cello italiano” que integra a programação III Mostra de Violoncelos do Pará, organizada pela Escola de Música da Universidade Federal do Pará (EMUFPA).

O Espaço São José Liberto funciona de terça a sábado, de 9h às 18h, e aos domingos, de 10h às 16h. Entrada franca.





Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Masculino na Dança - 9º Edição



No próximo domingo, 12 de agosto, a partir das 16h, o Anfiteatro Coliseu das Artes do Espaço São José Liberto se torna palco do encerramento do Masculino na Dança – 9º edição com apresentação de mostra de danças das companhias participantes e realização do “Amazônia Drag – Desfile Performático Colaborativo”, evento que coloca em evidencia artistas paraenses e introduz diversos cenários a nossa cultura regional, destacando a Amazônia e os seus misticismos e narrativas que por meio da dança e de figurinos criados especialmente para este evento artístico.

Serviço

Masculino na Dança – 9º edição
Mostra de dança das companhias participantes
Amazônia Drag - Desfile Performático Colaborativo

Data: 12 de agosto de 2018 - domingo - 16h
Local: Anfiteatro Coliseu das Artes | Espaço São José Liberto
Endereço: Praça Amazonas, s/n - Jurunas, Belém - PA
Entrada franca

Ascom IGAMA com informações da Cia. de Artes e Produções




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Polo Joalheiro realiza Feira de Projetos de Design de Joias/ 2018

Equipe do Espaço São José Liberto junto com designers que participaram da Feira de Projetos 2018
Fotografia: Ascom/IGAMA 


O evento é uma iniciativa do mercado do setor de design de joias promovida pelo Programa Polo Joalheiro do Pará, onde são apresentados, para comercialização, projetos temáticos de joias sobre o Círio de Nazaré criadas por designers paraenses das categorias profissionais e estudantes.

A feira é reservada aos empresários do setor de joias que têm interesse em produzir joias da Coleção, cuja inspiração é a festa do Círio, nas dimensões cultural e religiosa, bem como designers que participaram do Workshop de Geração de Produtos da Coleção Joias de Nazaré. No ano de 2018, o tema é a devoção religiosa a Maria, mãe de Jesus. Os projetos disponíveis para comercialização indica a diversidade criativa quando o tema é o Círio de Nazaré e suas complexas expressões de fé.

Para Rosângela Gouvêa, Diretora Criativa da coleção, “esta fase é o momento que a gente faz a divulgação do foi concebido no workshop para os produtores locais, onde eles podem ver a síntese de toda a coleção, porque aqui é uma triagem de todos os desenhos que foram feitos”. Ela também afirma que é um momento de experiência para os designers “valoriza o trabalho do próprio designer, onde os que estão iniciando vão aprender a comercializar os projetos e vão aprender como é a linguagem de mercado”.

A Feira de Projetos é voltada para empresários do setor de joias
Fotografia: Ascom/IGAMA
Thalyne Chrystina é designer recém-formada e por duas vezes participou do Workshop Joias de Nazaré como estudante. Agora, como profissional, ela define o momento como “uma ótima oportunidade para ingressar no mercado e continuar fazendo o que eu gosto, fazendo joias, e não ficar em uma letargia depois da faculdade”. Ela conta que ao longo do tempo aprimorou as técnicas dos projetos e que neste ano, baseada na oficina, se inspirou no Círio de Nazaré e “no brilho de Maria, sempre buscando algo que seja bonito, mas que não ostente muito, nem fique tão caro”.

A designer e microempresária Lídia Abrahim participa do Workshop Joias de Nazaré desde 2005, quando ingressou no Programa Polo Joalheiro. Para ela, participar é uma forma de “homenagear a Santa todo ano e eu nunca deixo de fazer”. Como ela também desenvolve as suas peças, Lídia trouxe para a Feira dois projetos: “um deles falando sobre a devoção e o outro eu puxei pra questão amazônica, então eu fiz uma santa com um cocar indígena”.

O tema da coleção de joias desse ano é “Devoção à Maria”. Nessa edição da Feira de Projetos, participaram seis profissionais: Brenda Lopes, José Leuan, Lídia Abrahim, Thlyne Chrystina Tenório, Viviane Gonçalves e Yanne Alves, e três estudantes: Bianca Camino, Leila Nunves e Jasmina Costa. A coleção Joias de Nazaré 2018 é uma realização do Governo do Pará por meio da Secretaria de Desenvolvimento, Mineração e Energia e Instituto de Gemas e Joias do Pará, organização social que gerencia o Espaço São José Liberto.

Ascom/IGAMA




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

A mostra “Percursos vividos - Encontro das Culturas Odivelenses” é aberta ao público com presença de comitiva portuguesa


Rosa Helena Neves (Diretora Executiva do ESJL), Mauro Chagas (prefeito de São Caetano de Odivelas) e Edgar Villas (vice-presidente da Câmara de Odivelas em Portugal) na abertura da Mostra "Percursos vividos - Encontro das Culturas Odivelenses"

O Espaço São José Liberto recebeu na última terça-feira, 19, a visita de uma comitiva das cidades de Soure e Odivelas de Portugal. Os portugueses conheceram o Espaço São José Liberto com visita guiada por Patrícia Quemel e com acolhimento da Diretora Executiva do ESJL Rosa Helena Neves. A comitiva era formada por Mário Jorge da Costa Rodrigues (presidente da Câmara Municipal de Soure), Mário João Lourenço Gomes (chefe de Cultura e Turismo da Câmara Municipal de Soure), Edgar Luís Valles (Vice-presidente da Câmara Municipal de Odivelas) e João Paulo Antônio (vereador), acompanhados pelo prefeito de São Caetano de Odivelas, no Pará, Mauro Rodrigues Chagas.

O grupo esteve visitando o Pará para conhecer a cidade de São Caetano de Odivelas chamada de “cidade-irmã” de Odivelas, em Portugal, por estarem ligadas não apenas pelos nomes, mas também pela história e cultura. Na ocasião, também foi inaugurada a mostra “Percursos vividos - Encontro das culturas odivelenses”.

Mostra "Percursos Vividos" no Salão de Exposição do ESJL
Diretora Executiva do ESJL no Museu de Gemas
com a comitiva portuguesa
“É uma geminação de cidades-irmãs entre Odivelas de Portugal e São Caetano de Odivelas no Pará porque as pessoas que fundaram São Caetano de Odivelas eram de Odivelas de Portugal”, explica Mauro Rodrigues Chagas, prefeito do município paraense. “Nós estamos fazendo um intercâmbio muito grande, nós já levamos nosso grupo folclórico alguns músicos para Portugal e hoje eles estão aqui com a gente para ver o que nós temos de bom na cultura de São Caetano”, conclui Mauro.

Para Edgar Villas, vice-presidente da Câmara Municipal Odivelas, em Portugal, a oportunidade de encontrar e conhecer uma cidade homônima é fantástica: “ficamos muito felizes, falar do nosso mosteiro, do nosso rei e ficamos de fato muitos felizes, tem sido uma grande surpresa, uma amizade que tem vindo a crescer ao longo do tempo”. Sobre o encontro entre culturas, Edgar se demonstra encantado: “eles estiveram lá em Portugal com a banda, com o Boi Tinga e agora temos essa oportunidade de conhecer no Polo Joalheiro é fantástica, nós agradecemos poder mostrar aqui um pouco do nosso patrimônio e da nossa história”. O grupo também visitou as cidades de São Caetano de Odivelas e Soure durante o período que estiveram no Estado do Pará.




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Horário de funcionamento do Espaço São José Liberto durante a Copa do Mundo


Durante o período da Copa do Mundo de 2018, o Espaço São José Liberto funcionará acompanhando a agenda de Jogos da Seleção Brasileira no mundial. Na fase de grupo, os jogos estão marcados para os dias 17, 22 e 27 de junho. No dia 17 de junho (domingo), o ESJL funcionará de 10h às 14h, na data de 22 de junho (sexta-feira), o Espaço abre das 12h às 18h e, por fim, no dia 27 de junho (quarta-feira), o ESJL funciona de 9h às 14h. O Espaço São José Liberto é mantido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), sendo gerenciado pela organização social Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama).




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Orquestra Infanto-Juvenil Helena Maia comemora 14 anos de atividades no Espaço São José Liberto

Apresentação do recital junino da EMUFPA com orquestras infantis, em 2017 |
Fotografia: Ascom/IGAMA


O Espaço São José Liberto recebe na próxima quinta-feira, 14, apresentação musical de orquestras da Escola de Música da Universidade Federal do Pará. Às 16h30, se apresenta a Orquestra Infanto-Juvenil Helena Maia e, em seguida, às 17h, é vez da Orquestra Infantil de Violinistas Lícia Arantes fazer a sua exibição, com repertório junino que terá participação especial de Chiquinho do Acordeom e alunos da Escola de Aplicação da UFPA, sob a coordenação do professor Adamilson de Abreu.

A Orquestra Infanto-Juvenil Helena Maia comemora 14 anos de atividades sob a coordenação e regência da professora Silvia Matos Qader. O objetivo do grupo musical é proporcionar aos alunos de cordas do nível básico a prática de conjunto. O repertório consta com obras de todas as épocas, proporcionando aos integrantes do grupo o desenvolvimento de aspectos técnicos e musicais. Ambas as orquestras já participaram de eventos como o Encontro de Arte de Belém – ENARTE, Concertos Natalinos, Projeto Sexta de Arte, Projetos Sociais (Junho com Solidariedade e Natal Solidário) e recitais na EMUFPA.

Já a Orquestra Infantil de Violinistas Lícia Arantes foi criada em 2000 pelos professores Celson Gomes e Joziely Brito, professora que coordena ações do grupo, atualmente. A Orquestra Infantil de Violonistas Lícia Arantes tem como objetivo buscar a extensão das atividades desenvolvidas em sala de aula sob a forma de grupo orquestral de violinos. O grupo foca no desenvolvimento do trabalho em grupo, de aspectos cognitivos e na socialização das crianças.

O evento é uma promoção Escola de Música da Universidade Federal do Pará por meio do Instituto de Ciências e Artes da UFPA com o apoio da Secretaria de Estado pelo Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia e do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA) que gerencia o Espaço São José Liberto.

Serviço
Apresentação da Orquestra Infanto-Juvenil Helena Maia e Orquestra Infantil de Violonistas Lícia Arantes
Data: 14 de junho, a partir das 16h30
Local: Anfiteatro Coliseu das Artes do ESJL
Entrada franca




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Espaço São José Liberto recebe desfile dos alunos concluintes do curso de Design de Moda da Estácio/FAP


Desfile de Conclusão de Curso de Design de Moda da Estácio FAP em 2017
Fotografia: Ascom/IGAMA 


No próximo sábado, 09, o Anfiteatro Coliseu das Artes irá receber o desfile de conclusão de curso dos formandos de 2018.1 da turma de Design de Moda da Faculdade Estácio Fap. A Amazônia como inspiração de moda é a temática abordada pelos 36 concluintes que participarão do evento que começa às 15h e é aberto ao público.

A realização do evento é do curso de Design de Moda com apoio da Secretaria de Estado pelo Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia e do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA), organização social que gerencia o Espaço São José Liberto.


Serviço
Desfile das Coleções de Conclusão de Curso do 1º Semestre 2018 / Estácio – FAP
Data: 09 de junho, às 15h
Local: Anfiteatro Coliseu das Artes/ESJL
Entrada franca





Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.
Postagens Antigas
Inicio
Contador acessso