O Espaço São José Liberto recebe palestra sobre inclusão de pessoas com deficiência no próximo sábado

Lucas Quaresmadesigner e empreendedor criativo de histórias em quadrinhos que fala sobre o autismo de forma diferente | Fotografia: HQs do Lucas (Divulgação)


No próximo sábado, 23, será realizada a palestra “Inclusão social: um olhar da família”, sobre a relação das famílias com as Pessoas com Deficiência (PCDs) e sobre como pais e cuidadores veem os significados da inclusão na convivência diária com um PCD. O debate terá a participação de pais e cuidadores para que se possa entender melhor a perspectiva familiar: Simonne Amaral, Izabel Moreira, Isabelle dos Santos, Isandra dos Santos, Eliane Moura Quaresma, Lucas Quaresma e Robson Mendonça. O evento é o primeiro de um ciclo de palestras que serão realizadas no ESJL em abril, com o tema “Práticas inclusivas” e em maio, com a conversa sobre “Inclusão social no mercado de trabalho”.

A palestra é uma iniciativa do Alachaster Instituto e Hq’s do Lucas, uma iniciativa que fala do autismo de uma forma diferente, através do trabalho desenvolvido pelo autor e ilustrador Lucas Moura Quaresma, com o apoio do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA), organização social que gerencia o Espaço São José Liberto, Secretaria de Estado pelo Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia e Governo do Pará.

Lucas Quaresma é um jovem autista, designer e empreendedor criativo de histórias em quadrinhos que, junto com colaboradores, formam o Hq’s do Lucas Team. Através de suas histórias, o Lucas mostra um pouquinho da sua maneira de ver o mundo, leva alegria, reflexão e incentiva a leitura para muitas crianças. Além das Hq’s, ele também tem uma linha exclusiva de camisas com suas ilustrações. Lucas concluiu a faculdade do curso de Design de Produtos, em 2016, e desenvolveu sozinho a habilidade de desenhar, fazendo suas ilustrações desde a infância. Um profissional comprometido com a superação de preconceitos, a inclusão social e o empreendedorismo criativo.

A palestra tem como objetivo contribuir para a inclusão social de PCDs na sociedade, bem como, abrir um espaço de formação junto as famílias e cuidadores e, também, financiar a produção da edição especial da HQs do Lucas “DERROTANDO O MONSTRO DO LIXO”. O acesso ao evento é gratuito, mas quem quiser colaborar com a produção da revistinha, poderá fazer contribuições voluntárias no dia do evento. As vagas são limitados e as inscrições podem ser feitas pelo link: https://goo.gl/forms/wdj61BX3QPNWpfeZ2

Serviço
Palestra “Inclusão social: um olhar da família”
Data: 23 de março de 2019 | De 15h às 18h
Local: Mezanino | Espaço São José Liberto (Praça Amazonas, s/n, Jurunas)
Entrada franca




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Arte do feito à mão! Primeira Expofeart de 2019 será realizada no próximo sábado no Espaço São José Liberto

Expositoras da Expofeart em uma das edições da feira no ESJL
Fotografia: ASCOM/IGAMA


No próximo sábado, 23, o Espaço São José Liberto recebe, pela primeira vez em 2019, a Expofeart, Feira de Artesanato que conta com a participação de empreendedores que produzem manualidades e que são funcionárias da Assembleia Legislativa do Pará, em evento aberto ao público, a partir das 9h, no Salão de Exposições do ESJL.

Na Expofeart são comercializados objetos de decoração, produtos com utilidades domésticas, perfumaria, acessórios, confecções e produtos alimentícios, como biscoitos e doces, tudo feio à mão. A Expofeart é um evento que valoriza o talento dos servidores da Alepa e acontece normalmente, no final de cada mês no hall do prédio da Assembleia. Em 2018, pela primeira vez, as empreendedoras trouxeram a Feira para o Espaço São José Liberto, em cinco edições nos meses de junho, agosto, setembro, novembro e dezembro. Em 2019, os eventos serão realizados aos sábados e estão agendados até o mês de dezembro.
Em 2018, a Expofeart foi realizada cinco vezes no Espaço São José Liberto
Fotografia: ASCOM/IGAMA

Nesta primeira edição, a Expofeart reunirá 16 marcas participantes: “Delícias da Baratinha”, “Pinta Cuia Atelier”, “Bordados da Vovó”, “Gigi Artesanato”, “Feito a Mão”, “Arte Fofa Artesanato”, “La Maison de Lu”, “Olivia Arte em Tecidos”, “Ééégua Mana!!!”, “Arte e Desejo”, “Aroma dos Campos”, “Ateliê Anny Monique”, “Primas Delicatesse”, “Laços e Biju da Luh”, “Arte e Tecidos” e “Mãos de Rosa”. O visitante da feira encontrará produtos feito à mão, com excelente qualidade e durabilidade. A feira, a cada edição, comercializa produtos artesanais com conexões temáticas, ótimas opções de presentes e lembranças e todo o que é preciso para decorar ou organizar a casa ou espaços de trabalho.

A Expofeart é uma realização da Assembleia Legislativa do Pará em parceria com o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA), organização social que gerencia o Espaço São José Liberto, Secretaria de Estado pelo Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia e o Governo do Pará.


Agende-se
Expofeart – Feira de Artesanato dos Servidores da ALEPA
Data: 23 de março | De 9h às 18h
Local: Salão de Exposições | Espaço São José Liberto (Praça Amazonas, s/n, Jurunas)
Entrada franca

As próximas edições da Expofeart estão agendadas para as seguintes datas:
- 27 de abril
- 25 de maio
- 29 de junho
- 31 de agosto
- 21 de setembro
- 26 de outubro
- 23 de novembro e
- 14 de dezembro.




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Dança de salão animou visitantes do Espaço São José Liberto no último sábado

Primeira edição do projeto "No passo da dança" que aconteceu no último sábado, no Espaço São José Liberto
Fotografia: ASCOM/IGAMA

No último sábado, 16, pela parte da tarde, foi realizada a primeira edição do projeto “No passo da dança” com a Cia. De Dança Cabanos que promoveu aulas de dança de salão, no Anfiteatro Coliseu da Artes. Foram apresentados vários ritmos de dança de salão e os interessados puderam participar a treinar na prática estilos diferentes de dança de salão.

Rolon Ho, fundador da Cia. De Dança Cabanos, se mostrou animado com o resultado do primeiro dia do projeto no Anfiteatro Coliseu das Artes: “é um desafio porque a gente tem o São José Liberto como uma sala enorme, um local amplo e a gente sempre faz uma divulgação pra tentar lotar o espaço, para trazer mais pessoas que nunca tiveram contato com a dança”. O objetivo do projeto “No passo da dança” é ampliar o público que prática ou mesmo nunca teve contato com a dança de salão nos próximos encontros, já marcados para os próximos três meses.

A funcionária pública Nargela Castro já prática dança de salão na Cia. Cabanos e aprovou a iniciativa: “como o sábado é com a minha filha e o evento é gratuito, achei muito interessante e vim prestigiar, tô gostando da iniciativa. Minha filha dança, faz balé e está aproveitando”. Já a bancária Jucilene Ribeiro, que só dança esporadicamente, estava com o marido acompanhando-a nos ritmos: “todos nós gostamos de dançar, a gente gosta de dançar em festa, mas nunca tivemos tempo de praticar. Eu adorei a iniciativa, pessoal tá bem à vontade dançando. Parabéns!” elogia ela que estava também com os filhos e amigos.

A Cia. De Dança Cabanos foi fundada em 2005 pelo coreografo, dançarino e professor de Educação Física, Rolon Ho, e é caracterizada pelo ensino da Dança de Salão, sendo referência no ensino do Samba de Gafieira, e tradicionalmente conhecida pelo ensino de ritmos regionais como o Brega e o Merengue, nacionais como o Forró e internacionais como a Bachata, o Bolero, a Salsa e o Zouk. A Cia de Dança Cabanos objetiva a criação e inovação da arte da Dança de Salão na capital paraense, buscando desde o início de suas atividades, propor um trabalho de responsabilidade com os seus alunos, monitores, professores e com a comunidade. 

Os próximos encontros do projeto “No passo da dança” já estão marcados para os dias 13 de abril, 18 de maio e 22 de junho, de 15h às 18h, com entrada franca. O evento é uma realização da Cia. De Dança Cabanos em parceria com o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA), organização social gestora do Espaço São José Liberto, mantido pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME).




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Missa comunitária comemora o dia de São José com celebração na Capela do Espaço São José Liberto

Missa na Capela São José | Fotografia: ASCOM/IGAMA



Será celebrada na próxima terça-feira, 19, às 17h, na Capela São José, missa com o pároco Adailson Oliveira, da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, em celebração ao Dia de São José, considerado o padroeiro dos artesãos. Esta iniciativa decorre de uma parceria com a Arquidiocese de Belém, a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição e o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA).

Além do dia do santo, também comemorado o Dia do Artesão, instituído pela Lei Estadual nº 7.126, de 30 de abril de 1991, em referência aos artistas que transformam matérias-primas em peças de arte, que acompanham a história das mais diversas civilizações como objetos utilitários e decorativos.

No Espaço São José Liberto, a Casa do Artesão, referência em artesanato paraense na cidade, é um ponto de exposição e comercialização de produtos de 09 segmentos do artesanato, cultura indígena, artes visuais, publicações e mídias impressas, acessórios de moda e gastronomia artesanal. No campo do artesanato comercializa produtos artesanais e manualidades criados e produzidos por mestres e empreendedores criativos de 43 municípios do Estado do Pará, contemplando diversas tipologias, onde se destacam: cerâmica, cuia, cestaria, sucata marinha, tururi, encauchados, miriti, balata, fibras, madeira dentre outros.

A celebração integra o calendário anual de eventos promovido pelo Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA), mantido pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME), em parceria com a Paróquia. A Capela São José, situada no Espaço São José Liberto (ESJL) é subordinada à Paróquia de Nossa Senhora da Conceição.

Serviço
Missa em Celebração a São José e Dia do Artesão
Data: 19 de março de 2019, 17h
Local: Capela São José – Espaço São José Liberto (Praça Amazonas, s/n, Jurunas)
Entrada franca




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Marcas Paraenses do Arranjo Produtivo Local de Moda, Design e Indústria do Vestuário do Pará participam de Seminário em Paragominas/ PA

Graça Arruda, Helena Bezerra e Waldirene Ferreira no seminário Shared_id,
em Paragominas, falando sobre empreendedorismo na moda


As empreendedoras Helena Bezerra, da marca de joias HB Design, Graça Arruda, da marca de vestuário Madame Floresta e Waldirene Ferreira, da marca de acessórios Bazzola estiveram em Paragominas, no Sudeste do Pará, entre os dias 26 e 27 de fevereiro, para participar do evento Shared_id: Tendências e Oportunidades do Mercado da Moda, realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), e compartilhar as experiências do Arranjo Produtivo Local de Moda, Design e Indústria do Vestuário do Estado do Pará gerenciado pelo Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA) e Secretaria de Desenvolvimento, Mineração e Energia (SEDEME).

O seminário Shared_id estava voltado para empreendedores do varejo de moda do município e abordou temas como visual merchandising, vitrinismo, consultoria de imagem, marketing digital, fotografia, entre outros assuntos da atualidade no segmento. As empreendedoras Helena Bezerra, Graça Arruda e Waldirene Ferreira apresentaram as suas marcas HB Design (joias); Madame Floresta, (vestuário), e Bazzola Couro & Estilo (acessórios). Elas também apresentaram as peças da Coleção de Produtos de Moda 2018/2019, lançada pelo Arranjo Produtivo Local de Moda, Design e Indústria do Vestuário, cuja a direção criativa foi realizada pelo estilista André Lima, em 2018.

Fizemos uma mostra da trilogia da moda, apresentando produtos do segmento de joias, acessórios e vestuário para o público formado por empresários de moda de Paragominas” resume a designer Helena Bezerra. Ela também afirma que foi um momento para mostrar como as marcas podem trabalhar juntas para mostrar os resultados obtidos dentro do APL de Moda, Design e Indústria do Vestuário do Estado do Pará.


Produtos das marcas participantes foram apresentados no seminário. Na imagem da esquerda, a modelo usa Vestido preto,renda paetê com víeis; joia da coleção Orquídea, em prata 925, esmaltação paraense e jade (HB Design) e bolsa de couro pintando à mão da(Bazzola Couros & Estilo). Na imagem da esquerda, vestido inspirado no peixe acari (Madame Floresta)

Empreendedoras paraenses

As participantes são empreendedoras e já estão com as suas marcas consolidadas no mercado. Waldirene Ferreira é proprietária marca Bazzola Couros & Estilo e trabalha com a criação e fabricação de peças em couro, como carteiras, cintos e bolsas, além de brindes personalizados. Os produtos que fazem parte da Coleção de Produtos de Moda 2018/2019 são diferenciados pela pintura autoral nos itens em couro. A empreendedora também participa ativamente de feiras e exposições para compartilhar as peças da sua marca.

Helena Bezerra, proprietária da marca de joias HB Design, é especialista em Gestão de Produto de Moda e Vestuário e graduada em Design de Moda pela Faculdade Estácio do Pará, trabalha no setor de joias há 20 anos, além de ser integrante do programa de incentivo produtivo do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia 15 anos, desenvolvendo coleções autorais com inspiração na cultura paraense e em parceria com outros criadores. Primeira mulher ourives do Programa Polo Joalheiro do Pará, possui estudos baseados na técnica de incrustação paraense, onde desenvolveu a técnica de esmaltação translúcida a frio que está constantemente presente em suas coleções de joias e, recentemente, também começou a atuar no setor de vestuário.

Já Graça Arruda é responsável pela marca Madame Floresta que conquista espaço no mercado por meio de atividades voltadas para a sustentabilidade, como a utilização de resíduos têxteis para confecção de novos produtos ou criação de peças com técnicas manuais, como o bordado, o patchwork e aplicações, tornando cada peça única, com referências amazônicas. Em agosto de 2018, a marca Madame Floresta foi selecionada pelo projeto “Conexão Criativa e Comercial” para ter as peças expostas no Inspiramais, em São Paulo, um evento do setor calçadista promovido pela Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal).

As três marcas que participaram do seminário Shared_id são comercializadas no Espaço São José Liberto e as empreendedora são participantes das atividades do Arranjo Produtivo Local de Moda. O APL de Moda, Design e Indústria do Vestuário – Polo Metrópole – PA integra o Núcleo Estadual de Arranjos Produtivos Locais do Pará, implementado em 2016, promove ações para o desenvolvimento econômico territorial, fomenta a ética nos negócios, realiza ações de mercado e capacitação profissional e de valorização da diversidade cultural do território da Amazônia Paraense com inclusão sócio produtiva, visando o empreendedorismo criativo do setor de vestuário e acessórios de moda.




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Horário de funcionamento do ESJL no Carnaval

Jardim da Liberdade | Fotografia: ASCOM/IGAMA

No período do Carnaval, de 03 a 06 de março, o Espaço São José Liberto ficará fechado ao atendimento ao público, oportunidade em que será realizada a manutenção do piso do Jardim da Liberdade. Com 270 anos, o prédio São José está no ranking dos prédios mais antigos da cidade e passou por uma reforma arquitetônica, sendo reinaugurado em 11 de outubro de 2002. 

A cada ano, neste período, são programadas reformas de caráter estruturante para assegurar o funcionamento integral no decorrer do ano, sem prejuízo a visitação. Para tanto, todas as providências são tomadas com bastante antecedência, o que permite atender as demandas dos turistas até o sábado de Carnaval e a celebração do pré Carnaval com a comunidade do entorno, que foi contemplada com o Bailinho de Carnaval “Libertos na Folia”, realizado no último domingo, 24 de fevereiro.

O Espaço São José Liberto dispõe de um calendário de funcionamento que é pactuado com os empreendedores do Espaço e lojistas e a mantenedora, sendo observada a natureza do Espaço. O espaço é mantido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME), sendo gerenciado pela organização social Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA).

A partir de quinta-feira, 07, o ESJL retorna ao seu horário normal de atendimento ao público: de terça a sábado, de 9h às 18h, e aos domingos, de 10h às 16h.




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Espaço São José Liberto terá 10º edição do bailinho infantil “Libertos na Folia”


Marchinhas que embalaram os antigos carnavais e músicas da atualidade em ritmo de carnavalesco, banda de fanfarra, muita alegria e diversão para crianças e adultos: é o que promete o “Libertos na Folia”, baile de carnaval infantil do Espaço São José Liberto (ESJL) que chega a sua décima edição em 2019. A festa será realizada no próximo domingo, 24, a partir das 10h, no Anfiteatro Coliseu das Artes do Espaço São José Liberto com entrada franca para os brincantes.

Para animar o baile “Libertos na Folia”, a programação terá apresentação de Ezequiel e Banda, banda de fanfarra que tem um repertório especial, como marchinhas clássicas de Carnaval e outros ritmos, como samba, pagode, carimbó, axé e músicas com temas infantis. A folia do ESJL é uma das mais esperadas para famílias do entorno do prédio do São José Liberto e da cidade, por ser uma programação cultural, tradicional e de qualidade, voltada principalmente para as crianças na fase da primeira infância.

Para evitar acidentes, será proibido o uso de spray de espuma no bailinho infantil. A espuma pode deixar o chão liso, causar alergias em contato com a pele e o gás usado para fazer com quem o spray funcione é altamente inflamável. Confetes e serpentinas estão liberados para os brincantes.

A folia, que reúne crianças e adultos, que chegam fantasiados para curtir a festa é uma promoção do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME) e do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA).

Serviço
Bailinho de Carnaval – 10º Libertos na Folia
Data: 24 de fevereiro de 2019
Horário: de 10h às 13h
Local: Anfiteatro Coliseu das Artes – Espaço São José Liberto (Praça Amazonas, s/n)
Entrada franca




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Designer Lídia Abrahim lança coleção de joias inspiradas na beleza do antigo

As peças da coleção “Old” estão na Loja Una,
no Espaço São José Liberto |Fotografia: ASCOM/IGAMA

Formas abstratas de peças desgastadas pelo tempo que reforçam a beleza do antigo são as características da nova coleção de joias da designer Lídia Abrahim, intitulada de “Old”, que está disponível para comercialização na Loja Una, no Espaço São José Liberto. As peças possuem traços livres feitos à mão que se converteram em fios distorcidos de prata, com tratamento martelado e em seguida envelhecido, combinados com cravações orgânicas imprecisas.

A ideia para criar uma coleção inspirada no antigo surgiu depois de experimentações que resultaram em um colar inspirado em arabesco e estilo Art Noveau para outra coleção, mas o resultado do metal envelhecido foi tão adorado pela designer que ela apostou na homenagem ao antigo: “Eu queria muito me transportar para aquela época e levar junto o apreciador dessa peça. Eu amo a arte produzida no início do século passado, principalmente as feitas em metal, como as de joias, as de grades arquitetônicas, os vitrais e objetos de prataria. Apesar de o expoente desse estilo ter sido na França, nos temos grandes exemplos em Belém”.
Algumas peças da Coleção Old, da designer Lídia Abrahim
Fotografia: ASCOM/IGAMA

A inspiração, segundo Lídia, nem sempre segue o percurso lógico ensinado na educação superior que consiste em pesquisar, coletar imagens, vivenciar o tema, escrever sobre o assunto e produzir esboços até chegar a perfeição das peças: “algumas vezes as coleções nascem mais livres, normalmente são coleções que expresso algum sentimento ou não tenho um compromisso com um tema figurativo ou propriamente com a venda. Até arrisco a dizer que são coleções mais internas que simplesmente querem sair pro mundo”, reflete Lídia sobre não ter que se preocupar com os traços perfeitos das joias da coleção “Old”.

As referências e inspirações de Lídia estão no cotidiano, mas também na “arqueologia e história dos objetos, história da arte, da cultura dos povos, livros, biblioteca de imagem de pessoas e objetos da época”. Para ela, a parte favorita de se trabalhar com o setor joalheiro é encontrar pessoas que apreciam e sentem o que ela quer transmitir com as peças: “Muitas vezes quando atendo cliente e conversamos e vejo minha criação tocar a pessoa é o que me deixa feliz e plena como profissional”.

Lídia Abrahim é formada em Design de Produtos pela Universidade do Estado do Pará, integra o Programa Polo Joalheiro do Pará, que tem a finalidade de fomentar e desenvolver o setor de gemas e joias do Estado do Pará, e é proprietária da marca Yemara Acessórios, tendo participação na criação de coleções próprias, coleções coletivas, como Joias de Nazaré, e como ministrante de oficinas técnicas. A Loja Unaonde as peças são comercializadas, é gerenciada pelo Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA)que expõe o trabalho de mais de 40 produtores, entre designers, ourives e lapidários atendidos pelo Programa Estadual de Gemas e Metais Preciosos do Estado do Pará. Desde 2007, o IGAMA gerencia o Espaço São José Liberto – ESJL promovendo a economia criativa com convergência de ações formação de uma rede de parceiros fortalecendo os setores do turismo, design, geração de trabalho e renda, gemas e joias, artesanato e moda autoral. Nesse sentido, desenvolve de forma integrada os elos da cadeia produtiva integrando os setores criativos atendidos pelo ESJL, mantido pelo Governo do Pará por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME).
Serviço
Coleção Old
Loja Una – Espaço São José Liberto (Praça Amazonas, s/n)
Horário de funcionamento: de terça a sábado, de 9h às 18h, e aos domingos e feriados, de 10h às 16h.




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Lançamento de Coleções de Produtos de Moda de estudantes da Unama será realizada no Espaço São José Liberto


No próximo sábado, 16, o Anfiteatro Coliseu das Artes recebe o evento “Mostra Moda”, realizado pelo curso de Bacharelado em Moda da Universidade da Amazônia (Unama), em parceria com o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA), organização social que gerencia o Espaço São José Liberto, e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME).

O “Mostra Moda” apresentará desfiles das coleções finais criadas pelos alunos do curso de Moda nos anos de 2017 e 2018. Já está confirmada a participação de 25 recém-formados que totalizam 70 looks para o desfile. Serão apresentadas de 1 a 5 composições por aluno, dentre elas, as coleções de Renata Gonçalves, Lilia Lima, Bruna Altmann e Tiago Prado, que já participaram do desenvolvimento de coleções dentro do Arranjo Produtivo Local de Moda, Design e Indústria do Vestuário e possuem peças comercializadas no Espaço Moda.

Também participam os alunos Suellen Mohana, Andressa Sarmanho, Rafaela Silva, Regina Lima, Jessica Costa, Ana Cristina Lima, Jamille Paysano, Daliria Lima, Luana Malcher, Leticia De Cassia Souza, Natalia Lima, Damares Queiroz, Neandra Gomes, Lanna Celli Penaforte, Valéria Farias, Evelyn Nascimento, Ada Suzane, Marina Gusmão, Paula Lobato, Murilo Maia e Julia Reis.

O evento apoiado pelo IGAMA e o Governo do Estado do Pará, por meio da SEDEME, integra as ações do Arranjo Produtivo de Local de Moda, Design e Indústria do Vestuário e Projeto Lua Nova que tem como objetivo potencializar a formação de designers na categoria de estudantes como novos empreendedores de moda e joias, promover o empreendedorismo criativo na área do design de moda e divulgar resultados dos processos de criação e produção envolvidos dos cursos de educação superiores de moda, além de contribuir para o estabelecimento de novas conexões com o mercado para a promoção da economia local.

O Mostra Moda é um evento realizado pelo curso de Bacharelado em Moda da Unama em parceria com o IGAMA, organização social mantida pelo Governo do Pará por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME).


Serviço
Mostra Moda UNAMA
16 de Fevereiro de 2019 - 18h
Espaço São José Liberto (Praça Amazonas, s/n)
Entrada franca 




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Grupo Quorum realiza ensaios abertos, aos sábados, na Capela São José

Grupo Quorum realiza ensaios abertos ao público na Capela São José, aos sábados, das 10h às 12h

Desde o último sábado, 26/01, a Capela São José recebe o ensaio aberto do Quorum, grupo musical paraense. O grupo, criado há 16 anos, tem no repertório estilos populares e eruditos que são apresentados em eventos sociais, missas e, principalmente, casamentos. Agora, os visitantes do Espaço São José Liberto e os contrantes do grupo Quorum poderão apreciar a preparação para as futuras apresentações no horário de 10h às 12h.

O Grupo Quorum é uma Orquestra de Câmara de Belém. Dentre inúmeros concertos, apresentações e atividades musicais, destacou-se no cenário artístico do Estado do Pará como a mais conhecida e importante orquestra de câmara independente, preparada para eventos sociais. 

Integram esse trabalho os cantores do Coro de Eduardo Nascimento. Grupo vocal que somado aos instrumentistas do Quorum realiza um trabalho único em todo o território nacional. Até então não havia registro musical, nesse formato, em um museu no Brasil. 

O repertório é eclético: desde música barroca, clássica e valsas até pop, rock e, claro, música brasileira. Tanto a orquestra quanto o coro possuem uma sonoridade única, bem ensaiada e estão juntos desde 2007 quando perceberam que o diferencial é a união do potencial individual, somado a responsabilidade e comprometimento ao ofício musical e a uma boa dose de talento.

A realização dos ensaios abertos é uma parceria entre o Grupo Quorum e o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia, organização social que gerencia o Espaço São José Liberto e é mantida pelo Governo do Pará por meio da da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME).

Serviço
Ensaio aberto do Grupo Quorum
Sábado, de 10h às 12h – Capela São José no Espaço São José Liberto
Entrada franca




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.
Postagens Antigas
Inicio
Contador acessso